última atualização: 13/05/2020

AR CONDICIONADO LG

Boa noite. Pretendo instalar em Manteigas numa pequena moradia em fase final de recuperação, um sistema de AC constituído por uma unidade exterior e duas unidades interiores. Foi-me proposto com instalação um preço total de 1.500€ para uma unidade exterior LG MUR2R15.ULO + duas unidades interiores LG PC 09SQ.NSJ. Verifico no último teste aos AC´s, que a escolha acertada recai sobre o modelo interior LG S09EQ.NSJ, precisamente o standard da gama LG o qual não tem Wi-Fi nem Way Swing e com o preço de tabela mais reduzido, sendo que sobre as máquinas exteriores não há testes.

- O que pretendia saber era se a diferença em termos energéticos, de conforto, de rapidez, de facilidade de utilização e de preço, é motivo suficiente para optar pela escolha acertada num produto de gama inferior, em detrimento pelos modelos orçamentados de gama um patamar acima.

- Se, sendor o instalador do concelho e que a pré-instalação ronda os 200/300€ já incluida no orçamento acima indicado, se consideram que o valor orçamentado é elevado.

- Também, se a unidade exterior é a recomendada para as unidades interiores indicadas e no caso de pretender alterar as unidades interiores para 9.000 + 12.000 BTUS, se a unidade proposta é suficiente ou se era preferível alterar para o modelo LG MUR2R17.ULO.

- Por último, desvantagens e avarias comuns ou frequentes, dos modelos indicados.

Muito obrigado pela ajuda que puderem dispensar. 

User name

Junte-se a esta conversa

Participe nesta conversa, deixando o seu comentário ou questão em Aquecer o ar e climatizar da comunidade Energias Renováveis

5 Comentários

Filtrar por :
Faça login para aceder a este conteúdo. 
07/05/2020

Boas tardes Zulmira.

Iniciamos a nossa resposta com um reparo muito importante: indica que pretende instalar um sistema de ar condicionado com uma máquina exterior ligada a duas máquinas interiores - ou seja, um sistema multi-split. Neste momento, os nossos ensaios a aparelhos de ar condicionado estão focados apenas e só em soluções mono-split - uma máquina exterior ligada a uma máquina interior.

Adicionalmente, o nosso comparador indica não só a referência da máquina interior, como da exterior - apenas para uma solução mono-split. No caso que indica, para a Escolha Acertada, aprece a indicação de "LG S09EQ.NSJ / S09EQ.UA3 (S09EQ.SSJ)" em que a informação a seguir à barra indica a referência da unidade exterior.

Em sistemas multi-split, há marcas em que as unidades interiores são as mesmas que as usadas em sistemas mono-split. Mas também poderá ter situações em que unidades interiores específicas são usadas - pode variar com a marca, linha de produto... A compatibilidade entre as máquinas interiores e exteriores, para ambas as soluções, está patente nos catálogos oficiais dos fabricantes - situação que assume maior importância nos sistemas multi-split devido às várias combinações que podem ser assumidas entre a máquina exterior e as interiores.

Para a solução que indica (MU2R15.UL0-MU com 2 x PC09SQ.NSJ) parece-nos ser compatível, após uma consulta por alguns manuais da marca LG - mesmo que também tenhamos visto a unidade interior referenciada com PC09SP.NSJ-MU. Se mesmo assim quiser confirmar por si, o melhor a fazer é solicitar ao instalador por um catálogo da marca (pode até ser em PDF) que demonstre a integração da unidade exterior com as interiores.

Um ponto muito importante, também, é que a configuração que indica (MU2R15.UL0-MU com 2 x PC09SQ.NSJ) é para uma solução multi-split com o gás R32. A máquina que é nossa EA (S09EQ) opera ainda com o R134A. Queremos com isto dizer que a sua configuração multi-split utiliza a "última" geração de gás frigorífico (R32), sendo por isso capaz de apresentar eficiências de operação, em teoria, superiores a máquinas mais antigas.

Respondendo às suas questões (por ordem):

  1. recomendaria ficar com a sua configuração uma vez que é uma solução multi-split mais recente e assente na utilização de gás R32;
  2. os custos de instalação dependem de "n" factores como as distâncias lineares entre a máquina exterior e as interiores, elevação das mesmas, utilização de calha técnica... Não nos podemos pronunciar se o valor é alto/baixo - até porque há instaladores que jogam com o valor da instalação e do desconto aplicado;
  3. A unidade exterior que indica MU2R15.UL0-MU consegue produzir, no máximo, 4.7 e 5.4 kW de potência (arrefecimento e aquecimento). Cada unidade interior é capaz de colocar na divisão 2.5 e 3.2 kW (arrefecimento e aquecimento). Se ligar as duas máquinas interiores ao mesmo tempo, no máximo, irão solicitar à maquina exterior 5 e 6.4 kW de potência (arrefecimento e aquecimento). Ou seja, a máquina exterior estará a limitar a operação de climatização, estando a operar no limite dessa situação. Resta perguntar é se este cenário (as duas máquinas interiores a operar ao mesmo tempo, à máxima potência) é realista. Ou seja, imaginemos que uma máquina interior está na sala e a outra no quarto: provavelmente quando a da sala estiver ligada, a do quarto estará desligada, invertendo-se o ciclo quando a do quarto estiver ligada. Também, e considerando a maneira de funcionar do sistema inverter e a rapidez com que as divisões são climatizadas com este aparelho, reconhecemos que a situação em que a máquina exterior irá operar ao máximo poderá ser pontual. A escolha pela unidade exterior acima (a R17) reforça as potências caloríficas para 5.4 e 5.7 (arrefecimento e aquecimento). Se for expectável que as cargas térmicas das divisões sejam elevadas (por exemplo, devido a baixo isolamento da habitação), o instalador deverá reforçar a potência da solução - aumentando a potência da unidade exterior e das interiores. Da mesma forma, seria interessante comparar a solução multi-split com uma solução mono-split (2 máquinas exteriores e duas máquinas interiores).
  4. Aqui, pedimos ajuda aos membros da Comunidade para darem algum feed-back... 

Obrigado,

Equipa Energias Renováveis

Faça login para aceder a este conteúdo. 
08/05/2020
, Respondeu:

Boa noite. Obrigado pela resposta. Na verdade as máquinas interiores vão ser instaladas 2 quartos. É pois natural, que por vezes venham a trabalhar no maximo em simultâneo.
Devo depreender, que ficaria melhor o conjunto se a unidade exterior fosse alterada para a R17?
E se a solução final passasse por R17+09SQ+12SQ, continuaria a estar o conjunto equilibrado?
Qual a solução, que aconselhavam tendo em conta os modelos conversados ou os standard plus do catálogo/tabela precos 2019 LG?
Agradeço a V/resposta.
Cmps.

Faça login para aceder a este conteúdo. 
13/05/2020
, Respondeu:

Bom dia, será que o Sr. Ricardo José Coimbra Paiva Pereira não me conseguiria responder a esta última questão? Obrigado.

Faça login para aceder a este conteúdo. 
13/05/2020
, Respondeu:

Boa noite.

Com as duas máquinas interiores nos quartos, há uma maior probabilidade de operarem ao mesmo tempo... Se assim for, e se as necessidades energéticas forem altas, sim: podem as duas máquinas interior pedir a potência nominal à exterior em períodos mais alongados de tempo. Com a R17 + 2 x 09SQ, ficaria já com as duas máquinas interiores, a operar ao mesmo tempo, mais "cobertas". Compare esta solução com a solução de duas unidades mono-split, se for viável de um ponto de vista técnico. Agora, se voltar a aumentar a potência da máquina interior para uma 12SQ, volta a ter o mesmo problema que tem com a R15: a potência que a R17 disponibiliza às duas máquinas interiores, se operarem ao mesmo tempo, vai ser o que vai limitar a capacidade calorífica do sistema, obrigando a máquina exterior a operar à potência nominal por mais tempo...

Peça ao instalador para definir a potência das máquinas interiores para cada divisão (tendo em consideração áreas, pé direito, exposição solar, ocupação, isolamento...). Depois some as duas capacidades (arrefecimento e aquecimento) de ambas as máquinas interiores. Sendo que ambas estarão em quartos, recomendo que a máquina exterior seja capaz de conseguir disponibilizar a potência combinada (ou muito próximo disso) dos dois quartos.

Obrigado, 

A Equipa Energia Renováveis

Faça login para aceder a este conteúdo. 
13/05/2020
, Respondeu:

Muito obrigado. Fiquei esclarecida.

eu disclaimer

O projeto que deu origem a esta comunidade recebeu financiamento através do programa de investigação e desenvolvimento “Horizon 2020”, sob o contrato de subvenção nº749402. Nem a EASME nem a Comissão Europeia são responsáveis pela informação veiculada nem pela utilização das informações contidas na mesma.