última atualização: 06/06/2022

AQS por bomba de calor ou solar térmico com 2 colectores

Boa tarde,

Estou a construir uma moradia com 4 quartos no Algarve e a decidir como fazer AQS.

Com bomba de calor ou com solar térmico.

As opinões não são nada uanimes quanto à escolha do sistema.

Tenho fornecederes da opinião que a bomba de calor da DaikinAlterna R é a mais eficaz e efeciente energeticamente  (mesmo sem suporte de colectores solares drainback) que o sistema solar térmico, outros da opinião oposta, dizendo que o solar térmico continua a ser o mais eficaz e efeciente energeticamenete.

Está a ser equacionado a colocação de uma sistema fotovoltaico 8x 450watts com iversor Hibrido.

 

Qual a vossa opinão entre estas as duas opções, qual a mais eficaz e que irá consumir menos, tendo ou não o suporte dos panéis fotvoltaicos?

Opção 1- Solar térmico com 2 colectores com circulação forçada e retorno, depósito 300 lts

Opção 2-Bomba de calor Daikin Alterna R com unidade interior ECH20 com 300 ou 500 lts + circuladora AQS

Obrigado

 

User name

Junte-se a esta conversa

Participe nesta conversa, deixando o seu comentário ou questão em Aquecer o ar e climatizar da comunidade Energias Renováveis

1 Comentários

Filtrar por :
Faça login para aceder a este conteúdo. 
06/06/2022

Bom dia,

 

Em primeiro lugar verifique aquilo que está descrito no projeto para a produção das AQS e se possível contacte um perito qualificado (https://www.sce.pt/pesquisa-de-tecnicos/#pesquisa_peritos) para fazer as simulações utilizando o software SCE.ER, disponível na página da DGEG.

 

Tenha em conta que cada pessoa tem um consumo diário de 40l, pelo que em principio o depósito de 300L será suficiente. No caso de optar por uma solução de bomba de calor (BC) para climatização e AQS já faz sentido optar por um depósito de 500L.

 

A melhor opção será a utilização do sistema solar térmico com apoio a bomba de calor, podendo por exemplo optar por uma BC em monobloco e interligar os painéis solares térmicos com funcionamento em circulação forçada.

Se o espaço de zona técnica for reduzido então deve ter um tubagem de renovação de ar para o exterior ou optar por uma marca que tenha a unidade exterior separada da unidade interior, como por exemplo da marca que refere na sua mensagem.

Verifique se a marca que escolhe tem algum sistema que permita a interligação aos painéis fotovoltaicos.

 

Ter em atenção que o funcionamento do sistema solar térmico por “drainback” obriga a uma instalação mais cuidada e estes pormenores devem ser vistos em obra antes da adjudicação do sistema.

 

Deve também optar por uma bomba de retorno das AQS que seja acionada por relógio e temperatura por forma a reduzir os custos de energia.

 

Relativamente ao sistema de produção de energia e tendo em conta a quantidade de painéis que pretende colocar irá ter um excedente de energia e nesse sentido a opção do inversor hídrido é interessante para fazer a acumulação em Baterias. Verifique se o inversor proposto permite a interligação com a bomba de calor para que quando tiver excedente possa fazer arrancar a BC.

No caso de não avançar logo com este investimento deixe a pré-instalação feita, ou seja:

  • Pontos de fixação da estrutura dos painéis fotovoltaicos;
  • Tubagem de interligação entre painéis fotovoltaicos e inversor central;
  • Tubagem de Ligação inversor central ao quadro elétrico principal;
  • Ponto de internet junto ao inversor Central e junto do quadro elétrico principal;
  • Espaço para colocação das baterias;
  • Tubagem interligação inversor a BC ou outros consumidores, como por exemplo Bomba de piscina.

 

Ao seu dispor para qualquer esclarecimento adicional,

 

Com os melhores cumprimentos,

Equipa das energias renováveis