Taxa diretora

A taxa diretora pode ser vista como a taxa de juro à qual cada Banco Central empresta dinheiro aos bancos comerciais.

Na prática, cada banco central pode utilizar várias taxas “diretoras”, com funções semelhantes na política monetária, mas normalmente apenas se refere a mais importante. Por exemplo, a principal taxa do Banco Central Europeu é a Refi, enquanto no caso da Reserva Federal norte-americana é a Federal Funds Target Rate.

Por efeito dominó, a taxa diretora vai influenciar o nível de todas as outras taxas de juro na economia. Deste modo, esta taxa funciona como um instrumento para incentivar ou diminuir os empréstimos, para estimular as aplicações com risco, os investimentos das empresas e, no final, tentar controlar a inflação e o ritmo de crescimento económico.