Return on Equity (ROE)

O termo ROE ou Return on Equity é a designação anglosaxónica da rentabilidade dos capitais próprios.

O ROE obtém-se então pela divisão dos resultados líquidos (lucro operacional + resultados financeiros + resultados excepcionais – impostos) pelos capitais próprios.

Este indicador mede a rentabilidade dos capitais próprios, que é o mesmo que dizer os capitais permanentes colocados à disposição da empresa pelos seus acionistas (capital social + prémios + reservas).

Se uma empresa obtém uma ROE de 15% isso significa que ela obteve um lucro de 15 euros por cada 100 euros de capital próprio (investimento dos acionistas). No entanto, este indicador, como qualquer outro, deverá ser utilizado com prudência. De facto, não tem em conta o modo de financiamento da empresa em questão. Assim, uma empresa que recorra bastante ao endividamento poderá aumentar consideravelmente o seu ROE, sem, no entanto, aumentar a rentabilidade da empresa no seu todo.