Prospeto (fundos de investimento)

Cada fundo tem um prospeto completo que estabelece exaustivamente todas as suas características e  constitui o documento de base de um fundo. Todavia, a informação que consta do prospeto completo tende a ser muito “densa” e, por vezes, de difícil interpretação.

Para colmatar esta falha, existe a IFI (informações fundamentais destinadas aos investidores). Esta ficha resume as principais características do fundo e deve ser sempre entregue antes da subscrição. Entre outras informações, poderá encontrar:

  • Denominação - permite identificar o tipo de fundo ou, pelo menos, se se trata de um fundo de ações ou de obrigações;
  • Denominação e sede da entidade gestora e do depositário - trata-se de uma informação fundamental, já que são as entidades a que deverá dirigir-se para qualquer assunto ligado à gestão (eventuais reclamações, por exemplo) e registo das operações do fundo;
  • Política de investimentos - define os objetivos e o tipo de aplicações em que pretende investir. Esta informação permite-lhe conhecer melhor os riscos que está a assumir;
  • Valor, modo de cálculo e condições de cobrança das comissões - dados indispensáveis para a comparação com outros investimentos do mesmo tipo;
  • Pré-aviso ou prazo de reembolso - na altura do resgate das unidades, quantos dias é necessário esperar para ter o dinheiro na conta? A ficha deve indicar claramente qual o prazo de pré-aviso exigido;
  • Rendimentos - permite saber se o fundo distribui ou capitaliza os rendimentos. No caso de se tratar de um fundo de distribuição, também deverá indicar a periodicidade da mesma.