Lock up

As ações que incluem um lock-up não poderão ser negociadas antes de uma data fixada no momento da sua emissão.

Em Portugal, esse mecanismo foi utilizado pelo Estado em alguns processos de privatização. Uma tranche das ações, normalmente designada por “pequenos investidores”, não poderia ser vendida antes de 6 meses após a admissão à negociação. Naturalmente, essa tranche beneficiava de um desconto face às restantes ações (normalmente, 5%).