Crescimento potencial

O crescimento potencial pode ser definido como o crescimento máximo que uma economia pode atingir sem provocar um sobreaquecimento da atividade, ou seja, sem gerar tensões inflacionistas.

O crescimento potencial está intimamente ligado a três fatores: a quantidade de mão-de-obra de um país, as reservas de capital e a produtividade.

  • Quantidade de mão-de-obra é determinada pelo número de trabalhadores e a duração do trabalho;
  • Reservas de capitais dependem do número e da dimensão dos investidores;
  • Produtividade total reflete a eficácia com que a mão-de-obra e os capitais são utilizados e depende nomeadamente do progresso tecnológico.