Cotação das obrigações de empresas

Um investidor pode comprar obrigações de empresas em dois momentos distintos no tempo. Pode subscrevê-las no período de oferta pública diretamente ao emitente. Passado esse prazo, terá de adquiri-las em bolsa. Ao comprar obrigações passa a ser credor da empresa (emitente). O preço (cotação) em bolsa é expresso em percentagem do valor nominal e varia ao longo do tempo em função da oferta e da procura.