Arbitragem

A arbitragem consiste em comprar e vender simultaneamente títulos da mesma natureza para beneficiar das diferenças (cotação, rendimento…) constatadas entre eles.

Existe a arbitragem de obrigações quando se passa de uma divisa para outra (normalmente subavaliada), de um título de baixa remuneração para outro com um melhor rendimento atualizado ou de um emitente que se tornou arriscado para outro mais seguro.

Existe arbitragem de ações, por exemplo, quando um mesmo título beneficia de uma cotação mais vantajosa numa bolsa do que noutro mercado.

A arbitragem implica que se incorra em diversos custos de transação pelo que apenas são rentáveis para os profissionais que trabalham com grandes montantes e não para os particulares.