Análise técnica

A análise técnica procura estimar a tendência de evolução do valor das ações tendo por base, sobretudo, gráficos históricos:

 

  • Linha de resistência - no gráfico com o histórico das cotações é a linha traçada através dos sucessivos máximos da cotação.
  • Linha de suporte - no gráfico com o histórico de cotações é a linha traçada através dos sucessivos mínimos da cotação.

Quanto mais a cotação se aproxima da linha de resistência maior é o "sinal" de venda. Quanto mais perto se encontra do suporte, mais forte é o conselho de compra.

Contudo, trata-se apenas de dois indicadores. Este tipo de análise também tenta interpretar o movimento das cotações entre estas duas linhas, prever alterações na tendência, reagir corretamente quando as cotações se afastam da média e "detetar" figuras no histórico das cotações para retirar conclusões sobre o futuro.

A análise técnica difere da análise fundamental, a qual se centra nas previsões de lucros futuros das empresas.