• Home
  • Dia Nacional da Sustentabilidade

Dia Nacional da Sustentabilidade

Ajude-nos a tornar este movimento mais forte! Vamos fazer ouvir as nossas vozes no Parlamento: queremos o Dia Nacional da Sustentabilidade a 25 de setembro.

2191 participantes

PRECISA DE AJUDA?

218 410 858

Dias úteis, das 09h00 às 18h00

Sustentabilidade no centro das escolhas

Acreditamos que a transição para um planeta mais sustentável começa em cada um de nós. Por isso, queremos criar o Dia Nacional da Sustentabilidade, a ser celebrado a 25 de setembro. Já apresentámos o pedido à Assembleia da República.

O seu apoio é essencial para mostrar que os consumidores exigem estar no centro das decisões sobre sustentabilidade. Junte-se a este movimento. Basta registar-se na ação.

A DECO PROTESTE não está sozinha. Com as nossas congéneres da Euroconsumers, lançámos um manifesto por um futuro mais sustentável. Conheça o nosso compromisso.

Logótipo do manifesto aprovado pelo amanhã, da Euroconsumers

Porquê um Dia Nacional da Sustentabilidade?

Os consumidores são os verdadeiros agentes para uma mudança sustentável. Através dos seus comportamentos, podem obrigar as empresas a adaptarem os seus produtos e serviços, reduzindo o impacto que o fabrico e os materiais têm nos recursos naturais.

Além disso, adotar hábitos mais sustentáveis é uma forma de poupar não só o ambiente, mas também a saúde e a carteira, conquistando mais qualidade de vida. Por isso, propomos colocar a sustentabilidade na agenda do País.

Porquê 25 de setembro?

25 de setembro de 2015 foi o dia em que a Organização das Nações Unidas (ONU) revelou os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável que devem ser implementados por todos os países do mundo até 2030. É um amplo reconhecimento de que a atual situação é insustentável, e de que são necessárias mudanças para enfrentar as atuais perspetivas sociais, ambientais e económicas.

Porquê agora?

A pandemia que vivemos é uma antevisão dos desafios que o futuro nos reserva. A crise climática é tão grave e premente quanto a crise sanitária que vivemos atualmente, embora muitos não estejam cientes disso. Para controlar e reverter este cenário são necessárias alterações profundas aos comportamentos e hábitos de todos.

Nos primeiros meses de 2020, as emissões de CO2 e outros gases com efeito de estufa diminuíram drasticamente, motivadas pela paragem das indústrias e das deslocações aéreas e terrestres. Podemos dar continuidade a este ímpeto de mudança, pensando nas alterações que podemos fazer ao nosso estilo de vida e que não são, como muitos pensaram, impraticáveis?

Provámos que somos capazes de trabalhar e estudar à distância, mantendo a economia e os serviços a funcionar, recorrendo à Internet e à crescente digitalização.  Ao mesmo tempo, provámos que é possível estimular as economias locais, recorrendo ao pequeno comércio de proximidade: ou seja, uma forma de atenuar o problema do emprego ou da inexistência de serviços básicos fora dos grandes centros urbanos de Lisboa e do Porto.

Por isso, quando tudo regressar à normalidade, retomaremos os velhos hábitos como se nada tivesse acontecido, ou aplicaremos as lições aprendidas nesta crise para solucionar um desafio ainda maior?

Como ser um consumidor mais sustentável?

Ao registar-se na ação e apoiar o movimento pelo Dia Nacional da Sustentabilidade, torna-se parte ativa da luta por um planeta melhor.

O nosso compromisso: dar-lhe informação sobre como ser um consumidor decisivo nesta mudança. Irá receber, no seu e-mail, dicas, dossiês e notícias sobre consumo sustentável.

Conte com a nossa experiência de investigação ao longo de vários anos em diversas áreas.

Podcast Falar em Sustentabilidade

 

Todos os episódios disponíveis:
 
    

  • copo de água
  • salmão, abacate, frutos secos, espinafre
  • chaminés de fábricas com fumo
  • central eletrica
  • mulher a andar de trotinete na cidade
  • lixo
  • pato preto
  • médicos no hospital


A nossa intervenção na área da sustentabilidade

Início 01 março 2001

Primeiros alertas

2

Crimes ambientais na agenda

1

Avisos: qualidade do ar

1

Desperdício alimentar

1

Energia na ordem do dia

2

Contra o desperdício de água

1

Dieselgate e água em debate

2

Reparação de aparelhos domésticos

1

Foco na mobilidade

3

Movimento pela sustentabilidade

2

Tudo sobre o Dia Nacional da Sustentabilidade

Esclarecemos as dúvidas sobre o movimento

O que é a sustentabilidade?

É um modelo de desenvolvimento que responde às necessidades do presente, sem pôr em causa as das gerações futuras. Segundo o primeiro princípio na Declaração do Ambiente da ONU, de 1972, o Homem tem direito a "um ambiente cuja qualidade lhe permita viver com dignidade e bem-estar, cabendo-lhe o dever solene de proteger e melhorar o ambiente para as gerações atuais e vindouras”.

Quando foi feito o pedido para a criação do Dia Nacional da Sustentabilidade e quando a Assembleia da República se pronunciará?

O pedido foi feito à Assembleia da República a 5 de março de 2020.

Aguardamos pela sua apreciação e respetiva aprovação nos próximos meses. Entretanto, vamos informar o Presidente da Assembleia da República sobre os apoios que formos recolhendo. Daí a importância de obtermos o maior número possível de registos na ação, demonstrando o interesse dos cidadãos no assunto.

Como vou ser informado sobre a criação do Dia Nacional da Sustentabilidade?

Será o primeiro a saber: vamos enviar-lhe um SMS com essa informação. Ficará ainda a par das nossas próximas ações nesta área.

Qual a relação entre sustentabilidade e covid-19?

Os desafios que a sustentabilidade coloca e as soluções encontradas para mitigar o novo coronavírus relembram-nos que os momentos difíceis revelam, muitas vezes, soluções que não tínhamos considerado antes. Relembram-nos, também, da necessidade de juntar esforços e mobilizar toda a sociedade – cidadãos e empresas – na resolução de problemas, que sendo de todos, só podem ser resolvidos com o contributo de todos. Neste sentido, a DECO PROTESTE assume a  responsabilidade de propor soluções que vão ao encontro das necessidade da população, para fazer face aos tempos conturbados que vivemos. Estamos prontos a guiar e a aconselhar os consumidores portugueses nesta matéria, como fazemos em tantas outras, há décadas. Assumimos o compromisso de colocar ao seu dispor toda a nossa experiência e investigação em diversas áreas, como água, alimentação, ar, energia, mobilidade, gestão de resíduos, leis e finanças, saúde, entre outros temas relacionados com a sustentabilidade. E o produto dessa investigação – dicas, dossiês e notícias sobre consumo sustentável – vai ser disponibilizado a todos os consumidores que se juntem a este movimento, porque a sustentabilidade do planeta começa em cada um de nós.