Imobiliário: análises



Análises mais recentes

Índice imobiliário continua a subir

Após dois trimestres em progressão, podemos estar a assistir a uma inversão na tendência de queda do nosso índice imobiliário.

Avaliação a pedido: vender ou arrendar?

“Adquirimos um imóvel por 200 mil euros, através de um empréstimo com spread de 0,5%. Encontra-se alugado por 625 euros, com encargos mensais de 650 euros. Existe possibilidade de vender por 150 mil euros. Que fazer?”

Coimbra: não recomendamos investimento imobiliário

Os imóveis desvalorizaram nos últimos anos mas o seu preço continua demasiado alto para ser um bom investimento. Os fatores demográficos agravam o problema.

Avaliação de imóveis: introduzimos Coimbra e Figueira da Foz

Introduzimos na ferramenta comparativa de avaliação de imóveis as principais zonas das cidades de Coimbra e Figueira da Foz para as tipologias T1 e T2.

Fundos imobiliários: pior ano de sempre

Os fundos imobiliários tiveram o pior ano de sempre em 2013. A rentabilidade média foi negativa, algo inédito, e não há sinais de melhoria.

Avaliação a pedido: Pestana Alvor Atlântico

“Solicito análise ao investimento imobiliário do grupo Pestana no Alvor.”

Índice imobiliário: acentuada subida no último trimestre

A acentuada subida do índice no último trimestre de 2013 contraria a anterior tendência de queda.

Estados Unidos: imóveis na terra das oportunidades

A crise financeira foi superada com distinção na América, mas uma nova bolha imobiliário começa a formar-se.

Descubra o portal e a newsletter PROTESTE INVESTE,
com informação atualizada e detalhada sobre finanças e investimento.
Grátis, rápido e fácil de consultar!

Durante um mês, beneficie gratuitamente de todas as vantagens
da subscrição da PROTESTE INVESTE:
Acesso ilimitado ao portal financeiro
Acesso à linha de investimento
1 número da PROTESTE INVESTE mensal
4 números da PROTESTE INVESTE semanal

Conteúdo reservado para subscritores X

Vantagens exclusivas

  • Conselhos isentos
  • Avaliação de produtos financeiros
  • Carteiras de ações e de fundos

"Sigo os conselhos da Proteste Investe e, este ano, estou a ter uma rentabilidade de 5% na minha carteira de investimento."