Notícias

Televisores: a Seleção joga melhor com a nossa tática

Quero ver o Ronaldo tanto nas zonas claras como nas sombras. Como?

Com um televisor mais recente, bastaria ativar a função HDR. De forma simples, esta função permite obter valores de contraste muito mais elevados, o que potencia o realismo de algumas cenas. Os ganhos dependem muito da situação: cenários exteriores, com luz solar intensa e zonas de sombra, saem particularmente beneficiados. Já quando o contraste é reduzido, o efeito é quase impercetível. O HDR tem outra mais-valia não negligenciável. A paleta de cores disponível é também muito mais abrangente. Mas não é provável que os jogos sejam transmitidos em HDR.

Tal como sucede com o 4K, é possível obter conteúdos HDR em serviços de streaming de vídeo, como a Netflix e o YouTube, ou ainda através de leitores BR 4K, embora os últimos ainda tenham muito pouca adesão entre os consumidores.

Há que prestar atenção a um pormenor: o HDR arrancou com diferentes protocolos, sendo o HDR 10 o mais frequente. Trata-se de um sistema aberto, ou seja, que não obriga os fabricantes a pagarem uma licença. Está presente em todos os televisores HDR que até agora analisámos e, claro, nos conteúdos mais populares, como os provenientes do YouTube e da Netflix.