Notícias

$name

A data única para a primeira fase de switch-off, 12 de janeiro, dividiu-se em 5 datas-chave de corte das emissões analógicas nos seguintes emissores e retransmissores da faixa litoral de Portugal:

  • 12 de janeiro: Palmela, Alcácer do Sal, Melides e Sesimbra;
  • 23 de janeiro: Fóia-Monchique, Santiago do Cacém, Cercal do Alentejo, Odemira, Odeceixe, Monchique, Aljezur e Silves;
  • 1 de fevereiro: Lisboa-Monsanto, Areeiro, Barcarena, Caparica, Carvalhal, Cheleiros, Estoril, Graça, Montemor-o-Novo, Odivelas, Sintra, Malveira, Sobral de Monte Agraço, Coruche e Cabeção;
  • 13 de fevereiro: Reguengo do Fetal, Vale de Santarém, Sobral da Lagoa, Mira de Aire, Candeeiros, Alcaria, Tomar, Ourém, Caranguejeira, Leiria, Alvaiázere, Avelar, Pombal, Castanheira de Pera, Espinhal, Senhora do Circo, Padrão, Ceira dos Vales, Vale de Açôr, Vila Nova de Ceira, Ceira, Coimbra, Caneiro, Cidreira, Lorvão, Penacova, Mortágua, Avô e Benfeita;
  • 23 de fevereiro: São Macário, Préstimo, Viseu, Cedrim, Vouzela, Vale de Cambra, Covas do Monte, Santa Maria da Feira, Arouca, Rio Arda, Lalim, Vila Nova de Gaia, Foz, Valongo, Santo Tirso, Caldas de Vizela, Caldas de Vizela II, Amarante, Gondar, São Domingos, Ancede, Caldas de Aregos, Resende, Lamego e Santa Marta de Penaguião.

O novo calendário da ANACOM surge após o nosso alerta sobre a deficiente eficácia das campanhas de informação e a falta de preparação de grande parte da população afetada pela mudança para a TDT.

É uma reviravolta do posicionamento da ANACOM, a qual defendeu, até à nova decisão, que as condições estavam reunidas para que em 12 de janeiro ocorresse o primeiro grande apagão do sinal analógico.

A 22 de março, a televisão tradicional chega ao fim nos Açores e na Madeira e a 26 de abril o apagão atinge todo o País.