Notícias

LG 55EC930V: o primeiro televisor OLED testado não supera os melhores LCD

05 janeiro 2015 Arquivado

05 janeiro 2015 Arquivado

O LG 55EC930V revela um desempenho global bom, mas não vence os melhores LCD que analisámos. Custa entre 1878 e 3499 euros. O melhor é aguardar para ver os próximos televisores OLED.

Apresentados nas feiras internacionais de tecnologia desde 2012, os televisores OLED começam a chegar à Europa. Este modelo da LG já está à venda em Portugal e o preço não é tão proibitivo como seria de esperar (nalgumas lojas, custa menos de 2000 euros). Mas não se precipite. Consulte o nosso teste a mais de 160 modelos e siga em direto as tendências da feira CES, em Las Vegas, esta semana. Prometemos revelar o melhor do futuro que está a chegar em primeira mão.
O LG 55EC930V é o primeiro OLED testado pelos nossos especialistas. Custa entre 1878 e 3499 euros.
O LG 55EC930V é o primeiro OLED testado pelos nossos especialistas. Custa entre 1878 e 3499 euros.
Com resolução Full-HD e ecrã curvo de 55", tem um bom desempenho e está bem equipado.
Com resolução Full-HD e ecrã curvo de 55", tem um bom desempenho e está bem equipado.

Os ecrãs OLED funcionam com díodos orgânicos emissores de luz, numa fina camada que emite a luz e dispensa a retroiluminação dos atuais televisores LCD (por LED ou em modelos menos recentes por lâmpadas fluorescentes). Sem retroiluminação, em teoria, não ocorre o efeito de clouding: pequenas fugas de luz para o ecrã que criam manchas mais claras, percetíveis quando a imagem é escura e uniforme. É também mais fácil obter um melhor nível de contraste, com uma boa reprodução de tonalidades negras.

Contudo, apenas uma parte das promessas é cumprida. O comportamento do LG 55EC930V está longe de ser excecional. Nas lojas, encontra ecrãs LCD de 55 polegadas com um desempenho melhor. Veja o nosso teste com os melhores televisores ao preço mais baixo.

A imagem e o som LG 55EC930V exibem um bom nível. Obteve ótimos resultados em algumas medições técnicas, mas não vence a totalidade dos LCD analisados em nenhuma destas. Destaca-se pela positiva no contraste, ângulo de visão, pouca refletividade e boa fluidez das imagens. Com sinal HD, a imagem obteve bons resultados, mas não deslumbra.

A resolução recebeu nota muito positiva, bem como o contraste. A reprodução de cores não agradou muito, com uma ligeira sobreposição dos tons vermelhos. Acusa a presença de um ligeiro efeito de auréola em redor de pessoas e objetos.

O som é nítido e bem percetível, embora com sobreposição notória dos tons graves. Com fundos escuros e uniformes fomos surpreendidos pela negativa: detetámos uma ligeira falta de uniformidade da luminosidade no ecrã, similar ao efeito de clouding.

Este televisor apresenta um consumo de energia reduzido para a diagonal do ecrã. Depois de ajustar a imagem, medimos um consumo de 124 W, a que corresponde uma etiqueta energética “B”. O fabricante anuncia a “A”, dado que para atribuir a etiqueta são consideradas as definições de origem (sem ajustes, o consumo é de 85 W).

O televisor é fácil de usar e traz dois comandos bem estruturados.
O televisor é fácil de usar e traz dois comandos bem estruturados.
O seu portal Smart TV é apenas mediano (overview das apps instaladas e alguns ícones confusos). Pode gravar emissões televisivas para um equipamento ligado por USB e está equipado com um leitor multimédia para reproduzir vários tipos de ficheiros a partir de uma ligação USB ou na rede doméstica (por DLNA). Inclui tecnologia 3D passiva, com óculos que usam lentes polarizadas, sem bateria, mais leves e baratos e com um efeito de profundidade convincente.

Os nossos resultados

LG 55EC930V 
Qualidade Global 67%
Preço € 1878 a € 3499
Qualidade de imagem TDT bom
HD (calibrado e com definição de origem) bom
Ângulo de visão muito bom 
Reflexos muito bom 
Fluidez bom
Clouding muito bom
Qualidade de som bom
Consumo bom
Leitor multimédia bom
Smart TV aceitável
Utilização bom