Primeiras impressões

iOS 8: versão 8.1.1 corrige erros do novo sistema operativo

21 novembro 2014 Arquivado
IOS 8

21 novembro 2014 Arquivado

Dois meses após o lançamento do iOS 8, surge a atualização 8.1.1. Se ainda não instalou este sistema operativo, esta é a altura ideal para fazê-lo.

Início

O iOS 8 vem incluído nos novos iPhone 6, iPad Air 2 e iPad Mini 3. Recentemente, a Apple lançou a versão 8.1.1, que corrige os principais erros do sistema operativo e melhora a estabilidade e o desempenho no iPhone 4S (e versões seguintes) e no iPad (a partir da 2.ª geração).

Caso tenha o 4S ou o iPad 2 e não tenha feito a atualização, pondere antes de avançar. Se está satisfeito com o seu sistema operativo e não tem razões para mudar, não instale o novo, para não correr o risco de comprometer o desempenho do aparelho. Para quem já migrou para o iOS 8, a versão 8.1.1 é obrigatória. 

Se o lançamento do novo sistema operativo da Apple é uma oportunidade para trocar o seu antigo aparelho, compare preços e equipamentos no nosso teste a telemóveis e a tablets.

Principais novidades
O iOS traz várias funções novas. Muitas permitem ao utilizador personalizar mais o iPhone ou o iPad. Por exemplo, o botão de partilha tem maior interação com as aplicações. Também é possível responder a uma mensagem de texto a partir do ecrã da notificação, sem ter de abrir a aplicação, numa lógica de maior interatividade.

O iOS 8 permite ajustar a exposição na câmara, antes de a fotografia ser tirada. Basta deslizar o dedo para cima e para baixo em qualquer ponto do ecrã, após a focagem. Foi adicionada a função Time Lapse, que tira fotos sequenciais a situações com alterações de movimento muito lentas, que depois são aceleradas, originando as imagens rápidas do pôr-do-sol que vemos nos filmes. Funciona da seguinte forma: ao início, é tirada uma foto a cada meio segundo; depois, de 1 em 1 segundo, de 2 em 2, e assim por diante. No final, a Time Lapse junta-as e cria um vídeo com as imagens em movimento rápido. Mas, para garantir que não saem tremidas e que têm o mesmo enquadramento, convém usar um tripé com o telemóvel.

Outra novidade é o corretor ortográfico: agora disponibiliza 3 sugestões de correção e surge na parte de cima do teclado virtual. Permite ainda instalar aplicações para criar diferentes teclados virtuais.

Até agora, quando o utilizador acedia a um site através do iPhone, era frequente ir parar à versão mobile que, nalguns casos, é menos funcional do que a versão integral. Para evitar a situação, a atualização do Safari inclui um comando que permite escolher o modo desktop, levando o utilizador para o site original. Basta tocar na barra de endereço, deslizar o dedo para baixo e selecionar “pedido de desktop site”.

As mensagens têm novas funcionalidades, semelhantes às já existentes noutras aplicações, como o WhatsApp. Ao selecionar “detalhes”, pode visualizar todas as fotos e vídeos trocados numa conversa, bem como enviar informações de localização através do mapa. O envio de mensagens áudio e vídeo foi simplificado e criou-se uma configuração que apaga os ficheiros 2 minutos após serem enviados.

Para a bateria, foi criada uma opção que verifica o consumo de energia das aplicações nas últimas 24 horas e na última semana. Esta função permite escolher as apps que gastam mais energia, para serem desativadas se a bateria estiver fraca. Está acessível em Definições > Geral > Utilização > Bateria.


Imprimir Enviar por e-mail