Primeiras impressões

Android 6.0 Marshmallow: um toque, o dobro da interatividade

23 outubro 2015
android-marshmallow-6

23 outubro 2015

A Google apresentou o Android 6.0 Marshmallow, os smartphones Nexus 5X e 6P, o tablet Pixel C e os novos aparelhos Chromecast. A função now on tap do novo Android promete simplificar ainda mais a interação com o telemóvel.

A função now on tap é uma das novidades do Android 6.0 Marshmallow. Quando acionada, permite aceder a diversas informações do Google Now de forma rápida, como mapas ou marcação de eventos. Por exemplo, se receber uma mensagem de texto com um convite para jantar, o now on tap mostra o mapa do percurso e pergunta se quer adicionar o evento ao calendário.

Outra novidade está relacionada com as permissões das apps. Até aqui, quando queria instalar uma aplicação móvel, era obrigado a aceitar que esta acedesse a um conjunto de permissões definidas pelo fabricante. Agora, com o novo Android, pode escolher a que permissões a app acede ou não, sem colocar em causa a sua instalação.

Consumir menos bateria quando o telemóvel não é usado por algum tempo é outra promessa do Android 6.0 Marshmallow. Com a funcionalidade doze mode, as apps que não precisam de estar sempre em funcionamento, como o Facebook ou o WhatsApp, podem diminuir a atividade se não forem usadas por algum tempo. São reativadas quando tiverem de alertar o utilizador para algum evento. De acordo com a Google, este modo permite economizar até duas vezes mais bateria.

O Android 6.0 Marshmallow já está disponível para alguns Nexus e vem pré-instalado nos novos 5X e 6P. Os aparelhos topo de gama de outras marcas terão de esperar algumas semanas pela atualização.

Nexus 5X e 6P com sensor digital
Apesar de serem construídos pela Huawei e a LG, todas as especificações dos novos modelos foram controladas pela Google. Não têm qualquer personalização dos fabricantes. 

O Nexus 6P, fabricado pela Huawei, tem 7,3 mm de espessura e ecrã de 5,7 polegadas com resolução 2560x1440 pixeis. O sensor de impressões digitais montado na traseira do aparelho pretende ser uma das novidades que, segundo a Google, permitirá desbloquear o telemóvel de forma mais natural. O acesso seguro à loja Google Play e à função Google Pay são outras possibilidades. Mas a funcionalidade não é revolucionária: os modelos mais recentes da Samsung e da Apple já incluem um sensor de impressões digitais com funções semelhantes.

O Nexus 6P traz uma câmara traseira com 12,3 megapixel (MP). A câmara frontal tem 8 megapixel. O processador é o Snapdragon 810 v 2.1 octa-core de 2GHz, com 3 GB de memória RAM. Há três capacidades de armazenamento: 32, 64 e 128 gigabytes (GB).

Com câmara traseira de 12,3 MP e frontal de 8 MP, processador Snapdragon 810 v 2.1 octa-core de 2GHz e 3GB de memória RAM, o Nexus 6P é agora o topo de gama da Google.
Com câmara traseira de 12,3 MP e frontal de 8 MP, processador Snapdragon 810 v 2.1 octa-core de 2GHz e 3GB de memória RAM, o Nexus 6P é agora o topo de gama da Google.

O Nexus 5X, fabricado pela LG, é uma atualização do Nexus 5 lançado em 2013. Tem um ecrã de 5,2 polegadas com resolução 1920x1080 pixeis e inclui o mesmo sensor de impressões digitais do 6P. O processador é o Snapdragon 808 hexa-core de 1,8 GHz, com 2 GB de RAM. Está equipado com a mesma câmara traseira de 12,3 MP do Nexus 6P e uma câmara frontal de 5 megapixel.

O Nexus 5X traz uma câmara traseira de 12,3 MP e uma frontal de 5 MP. O processador é o Snapdragon 808 hexa-core de 1,8 GHz, com 2 GB de RAM.
O Nexus 5X traz uma câmara traseira de 12,3 MP e uma frontal de 5 MP. O processador é o Snapdragon 808 hexa-core de 1,8 GHz, com 2 GB de RAM.

Entre 480 e 799 euros
Novidade mesmo é a nova porta USB Type-C que equipa o Nexus 6P e 5X. Essa porta permite carregar os aparelhos com uma corrente superior e mais rapidamente. De acordo com as marcas, apenas 10 minutos de carregamento permitem várias horas de utilização. Além disso, não é preciso procurar o lado certo para encaixar a ficha à porta, pois as medidas são iguais nos dois lados. A transmissão de dados também é mais rápida.

Ainda não foi anunciado quando o Nexus 5X e o 6P estarão disponíveis no mercado português. Mas já há preços. O 6P custará € 649 (32 G), € 699 (64 GB) e € 799 (128 gigabytes). O Nexus 5X rondará os 480 euros. Se procura um bom telemóvel, mas não quer gastar uma fortuna, consulte o nosso teste. Uma das nossas Escolhas Acertadas de telemóveis entre 4,5 e 5,5 polegadas permite poupar, em média, € 152, relativamente a modelos com o mesmo tamanho.

Google aventura-se no mundo dos tablets
O Pixel C é o primeiro tablet desenvolvido e fabricado pela Google. Tem um ecrã de 10,2 polegadas, com 2560x1800 pixeis, o equivalente a 308 pixeis por polegada. Pode funcionar como tablet ou portátil. O sistema que junta o ecrã ao teclado é magnético e o acessório liga-se ao dispositivo através de Bluetooth. O processador é um Nvidia Tegra X1 de quatro núcleos, apoiado num GPU Maxwell e numa RAM de 3 GB. Tem quatro microfones, que reforçam a capacidade do dispositivo para receber comandos de voz, e uma porta USB Type-C para carregamentos mais rápidos.

O Pixel C estará à venda na loja online da Google. Para já, só são conhecidos os valores em dólares: $ 499 (32GB) e $ 599 (64 GB) que, de acordo com a atual cotação do euro, correspondem a € 452 e € 542, respetivamente. O teclado é vendido à parte e custa 149 dólares. A Google não adiantou a data de lançamento. No nosso teste a tablets, saiba como poupar, em média, € 345 com a nossa Escolha Acertada para aparelhos com mais de 8,5 polegadas.

O primeiro tablet da Google, o Pixel C, é um híbrido: ao juntar o teclado magnético, funciona como portátil.
O primeiro tablet da Google, o Pixel C, é um híbrido: ao juntar o teclado magnético, funciona como portátil.
Chromecast: do smartphone para a sala de estar
A Google lançou dois novos Chromecast: um para TV, à semelhança do antecessor, e outro, o Chromecast Audio, para ligar às colunas de som.

A versão para TV traz uma ligação Wi-Fi mais rápida, até 5 GHz. Permite transmitir streaming de vídeos, músicas ou jogos do smartphone, tablet ou computador para a televisão. Além dos aparelhos Android, é compatível com iPhone, iPad e portáteis Windows e Mac. Tem agora um formato circular e vem em várias cores.

O Chromecast Audio tem um aspeto similar, mas está limitado à transmissão de som. Conectado a colunas de som com amplificação, permite reproduzir as músicas que estão no telemóvel, no tablet ou no computador, provenientes de serviços de música como o Spotify ou o Google Music. O Apple Music não está incluído. Os dois novos Chromecast já estão à venda na loja Google Play por 39 euros.


Imprimir Enviar por e-mail