Notícias

Toque de telemóvel cobrado sem licença

06 fevereiro 2013 Arquivado

06 fevereiro 2013 Arquivado

O nosso associado pagou durante quase 4 anos um serviço que não estava ativo, nem sabia que tinha subscrito. Com a nossa ajuda, conseguiu reaver cerca de 60 euros.

“O saldo do seu cartão será negativo após cobrança de mensalidade.” Se não fosse esta mensagem recebida a 1 de fevereiro de 2012, provavelmente João Sanchez, 43 anos, de Parede (Cascais), ainda estaria a pagar o serviço de “waiting ring”, música que substitui o habitual toque de chamada, quando alguém lhe liga. O leitor ficou a saber que pagava € 1 por mês desde 31 de maio de 2006, mesmo sem usar.

TMN cede à segunda tentativa
Ao telefone com o apoio ao cliente da TMN, João confirmou que o serviço não estava a funcionar, cancelou-o e exigiu o crédito das mensalidades indevidamente cobradas. Informaram-no de que o “waiting ring” tinha sido ativado pela Internet, mas não dispunham de mais dados para adiantar.

A TMN concordou em reembolsar apenas as últimas 3 mensalidades. João reclamou o crédito total, mas a empresa recusou. Pediu a nossa ajuda. Ao primeiro contacto, a TMN devolveu-nos a mesma resposta: só creditava o valor dos últimos 3 meses.

Tivemos de enviar nova carta para a empresa aceder a devolver cerca de 60 euros ao nosso associado.


Imprimir Enviar por e-mail