Notícias

TomTom para Android: aplicação de GPS eficaz, mas cara

02 novembro 2012 Arquivado

02 novembro 2012 Arquivado

À venda a partir de € 34,99 na Google Play Store, a aplicação da TomTom é uma boa solução de navegação, capaz de competir com as melhores. Mas existem alternativas mais económicas.

Serviços de informação de trânsito da TomTom são muito caros.
Serviços de informação de trânsito da TomTom são muito caros.

Após muitos rumores e falsos alarmes, a TomTom disponibiliza a sua primeira aplicação para Android, depois de todas as outras empresas de navegação. Os utilizadores da Google Play Store avaliam a aplicação com 3,5 estrelas (num total de 5). Mas, se os resultados estiverem em linha com os da app da TomTom para iOS (que obteve uns notáveis 74% no nosso teste), é mais uma candidata a Melhor do Teste. Já estamos a testá-la em laboratório para incluir os resultados no nosso comparador de aplicações GPS para smartphone. Pelo preço elevado, dificilmente obterá o título de Escolha Acertada.

No geral, a aplicação da TomTom para Android é fácil de usar, devido a uma boa estruturação dos menus. Ao navegar, as instruções vocais e visuais também são adequadas. O layout do ecrã de navegação, as cores e o design dos elementos minimizam o tempo de consulta e a distração do condutor.

Mas a aplicação ainda pode ser melhorada: durante o nosso teste, ocorreram alguns bloqueios e demorou muito a iniciar (em média, 25 a 30 segundos, ou até mais de um minuto), enquanto a maioria das outras aplicações de navegação não demora mais do que 5 segundos.

Esperemos que a futura atualização para uma versão mais consistente seja gratuita. Também era desejável disponibilizar uma versão apenas com mapa nacional. Os preços do mapa ibérico (€ 34,99) e do mapa da Europa Ocidental (€ 44,99) são elevados. Se quiser navegar só em Portugal, existem soluções gratuitas e com boa qualidade, como a TMN drive.

Segundo a TomTom, o preço inclui mapas vitalícios gratuitos, o que se traduz em 4 ou mais atualizações anuais durante a vida útil da aplicação, sem custos adicionais. Esta oferta não é tão apelativa quanto parece, pois abrange apenas o período de tempo em que a TomTom continua a disponibilizar atualizações para a aplicação.

Na Google Play Store, pode não conseguir encontrar de imediato a versão mais barata (ibérica), se pesquisar por “TomTom iberia”. Encontra-a no link https://play.google.com/store/apps/details?id=com.tomtom.iberia   

Zoom no equipamento

  • Versão: V1.0 (1072278);
  • tipo de aplicação: onboard;
  • testada no Samsung Galaxy S;
  • tamanho da aplicação: 23 MB;
  • tamanho do mapa (western europe): 2,7 GB;
  • versão do mapa: W. Europe v895.4453;
  • origem dos mapas: TeleAtlas;
  • informação sobre trânsito: HD traffic da TomTom.

Para instalar esta aplicação, o telemóvel deverá estar equipado com a versão 2.2 do Android ou superior. Mais limitativo é o facto de só correr em dispositivos com resolução de 800x480 ou 854x480. Mesmo os smartphones mais recentes têm resoluções superiores, como é o caso do popular Samsung Galaxy S III. Para a cartografia da Europa ocidental, precisa de ter, pelo menos, 2,7 GB de espaço livre no seu telefone ou no cartão de memória.

Para instalar, aceda à Google Play Store, através do browser do computador ou diretamente do smartphone. Depois de adquirida e instalada a aplicação, terá de descarregar a cartografia. Se possível, use uma rede Wi-Fi e prepare-se para esperar algum tempo. No nosso teste, com uma ligação de 10 Mbps demorou cerca de 40 minutos. O ideal seria poder descarregar por país para minimizar o tráfego, o tempo e o espaço necessários no telemóvel ou cartão de memória.

Em muitas aplicações, é comum incluírem uma loja com produtos (vozes ou ícones, por exemplo) ou serviços (como trânsito e meteorologia). A da TomTom disponibiliza apenas serviços de informação de tráfego: o HD traffic e alertas de radares. Os preços propostos são elevados.

Destino sem coordenadas

O ecrã de navegação apresenta o mapa, com a nossa localização e alguns atalhos. Para aceder ao menu principal, pode tocar em qualquer ponto do mapa. A barra inferior, que funciona como atalho para ajustar o volume, assume um tamanho considerável. Há ainda um atalho para algumas opções mais elementares, como alternar entre modo 2D/3D, desligar as instruções de voz, ativar o modo noturno ou ajustar o volume.

O ecrã informa ainda sobre o percurso, a velocidade atual e máxima, o tempo para o destino ou a hora estimada de chegada. Há ainda a indicação do nome da rua em circulação.

O maior destaque, consoante a orientação do telefone seja horizontal ou vertical, vai para a distância até à próxima manobra.
O maior destaque, consoante a orientação do telefone seja horizontal ou vertical, vai para a distância até à próxima manobra.

Os menus também são familiares para quem já conhece os aparelhos da TomTom, estruturados corretamente e com um layout bem concebido. Está sempre presente um ícone, no canto superior direito, que permite voltar diretamente para o ecrã de navegação. Do lado esquerdo, há um botão para voltar ao menu anterior, mas também usar o do telemóvel.

Pode escolher o destino por favorito, morada, destino recente, pesquisa local, ponto de interesse, ponto no mapa ou contacto. Mas falta a opção para selecionar o destino através das coordenadas.

Para confirmar a seleção do destino, o mapa mostra a localização.
Para confirmar a seleção do destino, o mapa mostra a localização.
Pode optar pelo percurso mais rápido, ecológico (menos consumo de combustível), mais curto, sem autoestradas, pedestre, para bicicleta ou definir um limite máximo de velocidade.
Pode optar pelo percurso mais rápido, ecológico (menos consumo de combustível), mais curto, sem autoestradas, pedestre, para bicicleta ou definir um limite máximo de velocidade.

Instruções com som muito baixo

A tecnologia IQ routes da TomTom permite escolher a hora de partida para evitar percursos tipicamente congestionados de acordo a data ou hora. Antes de iniciar a navegação, é mostrado um resumo com o percurso, distância e tempo estimado.

Se escrever uma morada, o método de introdução facilita a tarefa e sugere a morada correta. É muito útil, já que os erros são frequentes quando usamos ecrãs pequenos.

As instruções de voz são claras, devido à tecnologia de text-to-speach, ou verbalização do nome das ruas. O volume, mesmo no máximo, é claramente insuficiente. O “mute” do telefone não silencia a aplicação. As instruções visuais ajudam a esclarecer. Há um assistente de mudança de faixa de rodagem para os cruzamentos que tipicamente levantam dúvidas ao condutor.

Se, durante a navegação, receber uma chamada de telemóvel, o ecrã de navegação dá lugar ao ecrã da chamada, mas a navegação continua em segundo plano e as instruções vocais são audíveis. Com as mensagens recebidas, a navegação não para e a mensagem é mostrada na barra superior do Android.
 


Imprimir Enviar por e-mail