Notícias

Registo Viajante: a app para situações SOS no estrangeiro

09 março 2017
Registo Viajante: atualize a app para resolver falha de segurança

09 março 2017

Localizar os portugueses no estrangeiro e contactá-los em casos de emergência é mais fácil com esta app. Se a instalou antes de 24 de fevereiro (Android) ou 1 de março (iOS), atualize e altere a palavra-passe para usar a versão mais recente e segura.

Início

Em situações de catástrofe natural, distúrbio da ordem pública ou acidente no país de destino, os viajantes portugueses, lusodescendentes ou com dupla nacionalidade estão facilmente contactáveis com a app Registo Viajante, lançada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

O registo é voluntário, fácil e gratuito. Basta introduzir os dados pessoais. Estes passam a ser usados pela Direção-Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas, que é responsável pela sua confidencialidade.

 

Registo Viajante: atualize a app para resolver falha de segurança


A app Registo Viajante está disponível para dispositivos Android e iOS.

Por ser uma app que lida com dados pessoais sensíveis, como a localização ou as palavras-passe, fizemos uma análise de segurança. Quisemos verificar a informação que é enviada, o seu destino e a forma como é enviada - com ou sem encriptação.

Usámos um computador ligado à mesma rede Wi-Fi que o smartphone usa para aceder à internet. Desta forma, capturámos os pacotes de dados enviados para os servidores da aplicação ou empresas terceiras. Para garantir a privacidade da informação, devem existir mecanismos de segurança (encriptação) que limitem o risco de acesso aos dados pelos hackers, num tipo de ataque conhecido como MITM (man-in-the-midle).

A primeira versão da app enviava a informação para os servidores do MNE através de http, ou seja, sem encriptação, o que poderia colocar em risco alguns dados. Partilhámos estes resultados com o MNE. A ferramenta foi atualizada com “melhorias e correções”, segundo aquele Ministério. Se instalou a app e fez o registo antes de 24 de fevereiro (sistema Android) e ou 1 de março (sistema iOS), basta atualizá-la e alterar a palavra-passe para resolver a falha de segurança.

 

Registo Viajante: atualize a app para resolver falha de segurança

 
Para se registar na aplicação Registo Viajante, tem de disponibilizar vários dados pessoais, como o nome, a morada e o número de documento de identificação.