Notícias

Pixmania devolve € 369 por atraso na entrega de telemóvel

08 março 2017
Pixmania obrigada a reembolsar € 369

08 março 2017
A nossa associada C.M., de Fafe, comprou um iPhone 5 S no site Pixmania. Como o produto tardava em chegar, C.M. exigiu o dinheiro de volta.

Habituada a comprar produtos na internet, a nossa associada C.M. adquiriu um iPhone 5 S, de 16 GB, através do site Pixmania. Fez a encomenda e pagou de imediato € 369: € 359 do smartphone e € 10 dos custos de entrega.

Passaram duas semanas sem que a empresa fizesse a entrega, apesar de assegurar que seria realizada em dois dias úteis.

C.M. contactou a empresa para saber o motivo do atraso. A Pixmania alegou mudanças na empresa e a adoção de novas regras, mas garantiu que a situação seria resolvida rapidamente.

Cansada de inúmeros contactos sem resultados, a nossa associada exigiu o reembolso dos € 369 já pagos.

Entretanto, apercebeu-se de que fornecera o IBAN errado e corrigiu a situação. Mas o valor não foi creditado na sua conta e a empresa não deu qualquer explicação. 

C.M. pediu a nossa intervenção. Confrontámos a Pixmania várias vezes. O reembolso dos € 369 acabou por ser feito 4 meses após a compra, ultrapassando largamente o prazo estipulado na lei para estas situações, ou seja, 30 dias. Pelo incumprimento dos prazos, a empresa deveria devolver em dobro o valor do telemóvel no prazo de 15 dias úteis, o que não aconteceu.

Se tiver um conflito de consumo com uma empresa ou entidade, apresente a queixa na nossa plataforma Reclamar. Poderá encotrar casos semelhantes que ajudem a resolver a situação. Também é possível pedir a ajuda dos nossos especialistas.


Imprimir Enviar por e-mail