Notícias

Carregadores sem fios IKEA: ideia inovadora, consumo do passado

25 junho 2015 Arquivado
ikea

25 junho 2015 Arquivado

Testámos um candeeiro e uma base de carregamento sem fios do IKEA. São práticos e suficientemente rápidos a carregar o telemóvel. Mas gastam mais energia, tanto durante o carregamento como em stand-by.

Prós e contras

Os dispositivos são muito fáceis de usar: basta colocar o smartphone centrado sobre o pequeno sinal “+” que todos os carregadores do IKEA incluem e, se o telemóvel ou o acessório forem compatíveis com a tecnologia Qi (norma mais utilizada para carregamento sem fios de telemóveis, tablets e smartwatches), o processo inicia automaticamente. Para saber se o seu telemóvel é compatível com esta tecnologia, consulte as especificações do aparelho no site da marca.

O smartphone tem de ser colocado sobre o sinal “+” dos carregadores IKEA.
O smartphone tem de ser colocado sobre o sinal “+” dos carregadores IKEA.

Os carregadores, tampas e capas do IKEA são rápidos a carregar o telemóvel. Demoram praticamente o mesmo tempo do carregador original. A exceção são os aparelhos com a funcionalidade "carregamento rápido", como o Galaxy S6, pois essa opção só funciona com o carregador original.

Mas, enquanto o carregador original do iPhone 6 consome cerca de 6,5 Wh, o do IKEA consome mais: aproximadamente 8 Wh. Não é uma surpresa, tendo em conta que a tecnologia de carregamento por indução não é muito eficiente em termos energéticos, por causa das perdas associadas ao campo magnético e ao aquecimento produzido.

Em stand-by, o consumo dos acessórios do IKEA aproxima-se dos 0,3 Wh, um valor que não é de desprezar. Como o carregador está 90% do tempo em stand-by, ao final do dia terá gasto a mesma energia de um carregador tradicional em funcionamento. O objetivo dos dispositivos sem fios é simplificar a vida das pessoas. Não se espera que os consumidores comprem um carregador sem fios para desligarem-no da ficha quando não está a ser usado.

As tampas e capas só estão disponíveis em branco. As tampas dos Samsung não acrescentam muita espessura ao aparelho. Já as capas dos iPhones tornam o telemóvel significativamente mais espesso e comprido, embora convertam a ligação lightning numa ligação micro USB, o que pode ser útil, pois a última é mais comum. A capa para o iPhone 6 tem um problema: o plástico lateral suja-se facilmente.

É possível usar capas e tampas de outras marcas, desde que sejam compatíveis com a norma Qi. No entanto, não é fácil encontrá-las à venda no mercado nacional. O contrário também acontece: as tampas e capas do IKEA podem ser usadas noutros carregadores Qi, embora a velocidade de carregamento possa variar muito, conforme a potência do carregador.

Pontos fortes e fracos 
Carregamento fácil e cómodo
Tempo de carregamento semelhante ao de um carregador normal

Consumo em stand-by superior ao dos carregadores tradicionais (nestes, o gasto é praticamente nulo)

Tampas e capas de carregamento para poucos modelos

Tampas para iPhone muito volumosas