Notícias

Boas colunas portáteis desde 130 euros

Início

Testámos desde modelos ultraportáteis, destinados a serem maltratados no recreio, a aparelhos maiores, para uma audição atenta em casa, mas todos fáceis de ligar ao telemóvel. A escolha depende das suas expectativas e de quanto está disposto a gastar.

11 dezembro 2018
colunas som

iStock

Com a desmaterialização e o acesso a partir da cloud, a tendência é para que volte a ser partilhada, muito por culpa das colunas de som portáteis, que podem reproduzir o áudio do telemóvel. Nos pátios das escolas são cada vez mais comuns as “tertúlias” de apreciadores em torno de um smartphone que, do armazenamento ou da cloud, transmite música para uma pequena coluna portátil. E, assim, todos podem ouvir.

Há colunas que custam a partir de 25 euros, como mostra o nosso teste. Embora muito práticas devido à facilidade de transporte e ao emparelhamento com o smartphone, o som tende a ser fraco, e o volume que se consegue extrair sem distorção bastante limitado. Não é fisicamente possível obter um som impactante e com graves profundos numa coluna de dimensões demasiado reduzidas.

Isso mesmo acaba por refletir-se nos resultados, em que os melhores dos 31 aparelhos testados tendem a ser algo maiores e mais pesados. Estes equipamentos, em regra, são também mais carosBoa qualidade só a partir dos 130 euros.

É muito para gastar numa coluna? Se a resposta é afirmativa, pode descer as expectativas e optar pelos aparelhos com o título de Mais em Conta, de qualidade razoável e que arrancam junto aos 79 euros.  Mesmo assim, parece demasiado? Nada o impede de baixar ainda mais a fasquia e apostar nos tais modelos pequenos e portáteis, mas tenha consciência de que o som será realmente fraco e, por vezes, com distorção.