Notícias

Apple Watch muito dependente do iPhone

27 janeiro 2016 Arquivado

27 janeiro 2016 Arquivado

O Apple Watch chega a Portugal a 29 de janeiro. Apesar dos preços de rei anunciados pela marca, entre € 429 e € 18 500, o nosso teste revela que faz quase o mesmo que os outros relógios inteligentes.

Início

A FNAC e a Worten anunciam a venda do relógio a partir de 29 de janeiro, mas não avançam preços. Os valores de referência que encontrámos na Apple Portugal variam entre € 429 (Apple Watch Sport 38 mm) e € 18 500 euros (Apple Watch Edition, 42 mm, edição de luxo com o caixilho em ouro de 18 quilates).

Analisámos as versões de 38 mm do Apple Watch, um modelo mais clássico em aço inoxidável com pulseira desportiva preta, e do Apple Watch Sport, de alumínio e com uma bracelete desportiva branca. Ambos foram testados com o iPhone 6 e o iOS 8.3, que inclui a aplicação Apple Watch.

Esperava-se que a Apple lançasse um produto com mais funcionalidades quando não está ligado ao iPhone, ou que integrasse um cartão SIM, para ser totalmente autónomo para comunicações e acesso à Internet. Isso não aconteceu. O relógio da Apple faz basicamente o mesmo que o de outras marcas. Destaca-se sobretudo pelo design e pela variedade das versões disponíveis, embora inclua algumas funcionalidades novas.

Se está a pensar em comprar um smartwatch, a escolha entre a Apple ou outras marcas, geralmente compatíveis com Android, depende do telemóvel que tem. As nossas Escolhas Acertadas de telemóveis permitem poupar, em média, € 150 face às ofertas do mercado. Confirme no nosso teste.

No laboratório, 2 modelos à prova: o Apple Watch em aço inoxidável com pulseira desportiva preta e o Watch Sport em alumínio e com uma bracelete desportiva branca.
No laboratório, 2 modelos à prova: o Apple Watch em aço inoxidável com pulseira desportiva preta e o Watch Sport em alumínio e com uma bracelete desportiva branca.
Os relógios testados apresentam exatamente as mesmas funcionalidades. Diferem essencialmente no design. Têm um ecrã retangular de tecnologia OLED e um sensor embutido na parte de trás para registar a frequência cardíaca. As pulseiras são fáceis de ajustar e fechar.

Vêm equipados com 2 botões. Um deles, "coroa digital", é rotativo, à semelhança dos botões que equipam os relógios tradicionais. Com um só clique, permite retroceder um passo no funcionamento do Apple Watch. Se mantiver o botão pressionado mais tempo, inicia o comando por voz da Apple, o Siri. A coroa permite ainda percorrer o ecrã para cima e para baixo (scroll) e fazer zoom. Já o botão de pressão permite aceder aos contactos favoritos ou ligar e desligar o relógio.