Notícias

Apple apresenta os novos iPhone XS e XR e o relógio Watch Series 4

O Watch Series 4 da Apple faz eletrocardiogramas e os novos iPhone têm ecrãs maiores, OLED no caso dos XS. Os preços em Portugal para as versões do iPhone XS variam entre € 1 179 e 1 679 euros. Resumimos as novidades da apresentação da Apple.

  • Dossiê técnico
  • João Miguens e Sofia Costa
  • Texto
  • Sofia Frazoa e Filipa Nunes
13 setembro 2018
  • Dossiê técnico
  • João Miguens e Sofia Costa
  • Texto
  • Sofia Frazoa e Filipa Nunes
novos apple

Apple

A habitual apresentação da Apple em setembro trouxe o novo relógio Watch Series 4 - redesenhado, com novos sensores e capacidades - e 3 novos iPhones, mais poderosos, com ecrãs OLED de 5,8 e 6,5 polegadas (o XS e o XS Max) e LCD de 6,1" (o XR). Ainda sem os nossos testes aos aparelhos, revelamos as principais características anunciadas pelo fabricante. Assim que disponíveis, divulgaremos os resultados no teste a telemóveis.

Um relógio que faz eletrocardiogramas

Segundo a Apple, o Watch Series 4 tem um novo processador S4 de 64 bits e 2 núcleos, com o dobro do desempenho. O ecrã está maior, sem um aumento significativo do tamanho da caixa graças à redução das margens. O relógio tem um novo acelerómetro e giroscópio com maior sensibilidade que, de acordo com o fabricante, consegue detetar quedas. Esta funcionalidade poderá ser útil para avisar familiares de pessoas com dificuldades de locomoção ou idosos quando ocorre uma queda.

A qualidade das chamadas deverá ser melhor, pois o volume de som do altifalante é agora superior e o microfone passou para o lado oposto para evitar ruído de “feedback”. A facilidade de utilização também tem melhorias. O botão rotativo (Digital Crown) foi melhorado e, ao percorrer o ecrã, sente-se um retorno tátil que transmite a ideia de um clique. As faces do relógio são personalizáveis e até podem incorporar algumas fotos de familiares ou amigos que, ao serem tocadas, iniciam uma chamada para os mesmos.

Mas as novidades que despertam mais interesse no Apple Watch Series 4 são na área da saúde. Os novos sensores óticos para a medição do batimento cardíaco permitem fazer um eletrocardiograma, detetar alguns possíveis problemas cardíacos e dar o alerta. 

No teste dos relógios, normalmente verificamos o rigor de medição das várias funcionalidades e esta será também analisada. 

novos apple
O Apple Watch Series 4 mede os batimentos cardíacos e permite fazer eletrocardiogramas.

Em termos de autonomia, não há melhorias significativas. Segundo a Apple, o relógio deverá ter bateria para 18 horas, ou seja, 1 dia de utilização.

O Watch Series 4 poderá ser encomendado a 14 de setembro e estará disponível a 21 de setembro em várias cores e diferentes braceletes, incluindo modelos da Nike e Hermès. O preço, em Portugal, é de 439 euros.

Novos iPhone são maiores, mais potentes e mais caros

Além do relógio, a Apple também apresentou os novos iPhone mais evoluídos, denominados XS e XS Max, que receberam novos componentes e tecnologias. Vão estar disponíveis com dois tamanhos de ecrãs OLED: o mais pequeno (XS) tem 5,8 polegadas com resolução 2436 x 1125 píxeis e o maior (XS Max) é de 6,5 polegadas e resolução 2688 x1242 píxeis.

Segundo a Apple, estes ecrãs estão equipados com vidro mais resistente que os antecessores e incorporam um perfil em aço inoxidável que permite aumentar a resistência à água. Os aparelhos têm agora a classificação IP68, o que significa que podem estar imersos à profundidade de 2 metros durante 30 minutos. À partida, a queda acidental numa piscina não deverá trazer problemas. A parte traseira dos novos iPhone é de vidro e permite o carregamento sem fios. Em termos de design, as diferenças não são muitas em comparação com o iPhone X.

Estão equipados com um novo processador, o A12 Bionic, com seis núcleos de processamento geral e quatro de processamento gráfico. Incorporam um "motor neural" com oito núcleos e que deverá permitir melhorar as capacidades de realidade aumentada e ajudar a criar, através de processamento da imagem, fotografias mais perfeitas e com mais detalhe.

novos apple

O iPhone XS está disponível em dois tamanhos, XS e XS Max, com ecrãs OLED.

 

Como habitual, a câmaras destes aparelhos receberam alterações significativas. Tanto a câmara principal com a das selfies é dupla. A resolução da traseira é de 12 MP e incorpora pixéis de maior dimensão que, de acordo com a Apple, permite obter fotografias com melhor fidelidade de cores e menor ruído em condições de luz fraca.

Mas as melhorias mais significativas parecem vir da capacidade de processamento à disposição da câmara. O processamento neural permite criar uma fotografia mais perfeita em que é possível revelar mais detalhe nas zonas mais escuras e luminosas. Fá-lo juntando a informação de várias fotografias tiradas quase instantaneamente. Permite, também, criar fotografias com efeito de bokeh (fundo desfocado) e ajustar a profundidade de campo depois da fotografia ter sido tirada.

Outra das novidades é a possibilidade destes aparelhos poderem ser Dual SIM, mas só há slot para um SIM. O segundo deverá ter eSim e vai depender de estar ou não disponível na operadora pretendida. Quanto à bateria, a Apple afirma que o XS e XS Max têm, respetivamente, mais 30 minutos e mais 1 hora e meia do que o iPhone X. De acordo com o nosso cenário de teste, o iPhone X tem 20 horas de autonomia, ou seja, não será expectável uma autonomia elevada nos novos aparelhos.

O iPhone XS e XS Max estão disponíveis nas versões de 64 GB, 256 GB e 512 GB. Os preços variam consoante as versões: XS 64 GB - € 1 179;  XS 256 GB  - € 1 349; XS 512 GB - € 1 579; XS Max 64 GB -  € 1 279; XS Max 256 GB - € 1 449; XS Max 512 GB - 1 679 euros. Deverão estar disponíveis nas lojas a partir de 21 de setembro.  

iPhone XR é uma alternativa mais económica

Como tem sido hábito, também foi apresentado um modelo de iPhone mais barato, neste caso, com muitas capacidades semelhantes ao XS e XS Max. Uma proposta interessante, tendo em conta a subida acentuada do preço dos iPhone de topo desde o iPhone X. O iPhone XR tem um ecrã LCD de 6,1 polegadas, com resolução de 1792 x 828 píxeis. Está equipado com o novo processador A12 Bionic e a câmara principal que é usada no XS e XS Max. Também é Dual SIM e e deverá ter mais autonomia do que o XS. Outras características como, por exemplo, a resistência à água estão ao nível da do iPhone X. Os preços para Portugal são de € 879 no caso do XR 64 GB, € 939 para o XR 256 GB e € 1 049 para o XR 512 GB. Deverá estar disponível para reservar a partir de 19 de outubro.

 

novos apple

O iPhone XR é a versão mais barata dos novos iPhone.

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.