Telemoveis

Como escolher um telemóvel

Ajudamos a escolher o modelo mais adequado para si.

O tamanho do ecrã, o sistema operativo e as ligações possíveis são aspetos fundamentais na escolha de um telemóvel. Saiba como escolher.

Guia de compras

Principais características

Escolher o telemóvel ideal é cada vez mais difícil devido à grande variedade de marcas, modelos e preços no mercado. Os smartphones incluem um verdadeiro arsenal para fazer quase tudo: fotografias, vídeos e música, e-mail, internet, navegação GPS, jogos e muitas outras funções que dependem das aplicações que instalou. Por isso, é importante basear a escolha no modelo que melhor se adapta às suas necessidades e orçamento.

Com o aparecimento do 5G em 2021, poderá precisar de um telemóvel que tenha essa tecnologia, caso esteja numa zona com cobertura e queira navegar em velocidades de 250 Mbps (em vez dos 50 Mbps do 4G). Alguns fabricantes já lançaram duas versões do mesmo modelo: uma normal e outra com 5G a custar, em média, mais 100 euros.

Outra das características de alguns smartphones é a possibilidade de colocar um segundo cartão SIM. Há situações em que poderá ser vantajoso ter um telemóvel dual SIM, para usar dois números (pessoal e profissional).

Antes de se decidir por um modelo de telemóvel, há outros aspetos que deve ter em consideração.

Voltar ao topo

Ecrã e gamas de telemóvel

A escolha do tamanho do ecrã não é só uma questão de gosto. A tendência do mercado é tornar os ecrãs cada vez maiores, em que a visualização do conteúdo seja confortável e a escrita e a interação mais fáceis. No entanto, os telemóveis muito grandes podem não ser práticos para alguns utilizadores. Se o que deseja mesmo é um telefone fácil de utilizar com uma só mão e capaz de caber nos bolsos das calças, escolha um que não tenha um ecrã maior que 5,5 polegadas.

Em relação ao preço, pode encontrar telemóveis entre 80 e 2500 euros, dependendo da gama em que se inserem.

Gama alta

Os telemóveis topo de gama custam mais de 800 euros. Para encontrar um telemóvel de muito boa qualidade (com avaliação superior a 75 no nosso comparador de telemóveis) terá de pagar, pelo menos, 400 euros, salvo raras exceções.

Os melhores telemóveis de cada marca ou os topo de gama incluem ótimos ecrãs e câmaras, processadores muito potentes, designs premium, grandes capacidades de armazenamento (128 GB ou mais) e os recursos mais recentes, como o reconhecimento facial, o carregamento rápido e sem fios, e resistência à água.

Gama média

Nos telemóveis de gama média, encontra uma grande variedade de equipamentos e de preços: dos 300 aos 800 euros.

Se não precisa do telemóvel com uma câmara de topo e o design não é tudo para si, pode poupar ao escolher esta gama. Por estes preços também encontra telefones com bons ecrãs, boa duração da bateria, recursos interessantes e bons resultados nos nossos testes.

Gama baixa

É possível encontrar bons telemóveis nesta gama, com bom desempenho e bateria e câmaras razoáveis, embora tenha de se contentar com acabamentos ou materiais mais baratos.

No nosso comparador existem Escolhas Acertadas abaixo dos 200 euros. São produtos com boa qualidade (mais de 65 pontos) na nossa análise e com um excelente preço.

Nos equipamentos de gama baixa, pode encontrar telefones que geralmente são caracterizados por ter muito pouca capacidade de armazenamento (32 GB ou menos), menos funcionalidades e, em alguns casos, versões dos sistemas operativos desatualizadas.

Voltar ao topo

Apps e sistema operativo

De momento, existem apenas dois sistemas operativos no mercado: o da Apple (iOS) e o da Google (Android). Mudar de um para o outro é possível, mas inconveniente. Os aplicativos são semelhantes, mas não são iguais, podendo haver incompatibilidade com outros equipamentos.

iOS

É um sistema operativo muito estável, intuitivo e fácil de usar porque foi projetado especificamente para o iPhone. A Apple encarrega-se de atualizá-lo anualmente em todos os seus modelos. Encontramos modelos com cinco anos que continuam a ser atualizados para a versão mais recente do iOS, o que prolonga a vida útil dos dispositivos. Se já tem um iPhone, mudar para um novo não é problema: basta inserir o nome de utilizador e o novo equipamento será configurado com tudo o que o aparelho anterior tinha.

Mas, em termos de telemóveis, não há muito que escolher: terá de comprar um iPhone, um smartphone com um preço alto, mas de ótima qualidade. Estes possuem conectores específicos, em muitos casos são vendidos sem carregador e não têm ranhuras para cartões SD, por isso, escolha cuidadosamente a capacidade do telefone.

Android

O Android é um sistema operativo aberto. Qualquer fabricante pode adaptar os seus equipamentos e desenvolver os seus produtos nele.

Destaca-se pela possibilidade de customizar a interface de utilizador (com centenas de widgets e atalhos), pela facilidade de transferência de arquivos para o computador e pela qualidade da Play Store. Esta tem um grande número e variedade de aplicações, geralmente, a um preço mais baixo.

Atualizar o sistema operativo de um Android pode ser complicado. Embora a Google lance as novas versões, tem de passar primeiro pelos fabricantes (Samsung, LG, Xiaomi, Motorola, entre outros), que a adaptam para o seu equipamento (se quiserem) antes de enviá-la para o utilizador. O resultado é que as atualizações podem levar vários meses ou mesmo nunca chegar. 

Huawei

Devido ao veto dos EUA em 2019, os modelos mais recentes da Huawei, que usam o sistema operativo Android, já não contam com os serviços da Google. A maior limitação que um utilizador desta marca de telemóveis pode encontrar é não ter a Google Play Store. Nos novos modelos da Huawei, a loja é a AppGallery, que não tem todas as aplicações utilizadas com mais frequência. É possível instalar outras, fazendo o download do arquivo APK de outras fontes, mas não serão atualizadas automaticamente e também não é uma tarefa para os utilizadores com menos conhecimentos.

Voltar ao topo

Fotografar com o smartphone

A última tendência nos smartphones são as câmaras traseiras - duplas, triplas ou até 6 câmaras -, que permitem melhorar a qualidade da imagem captada. A resolução é a principal característica de uma câmara. Normalmente, varia entre 8 MP (megapixels) para os telemóveis mais modestos e 100 MP para alguns modelos mais novos.

  • Na câmara frontal, a resolução costuma ser um pouco menor, entre 3 e 50 MP. Quanto maior a resolução, mais pontos definirão a imagem, o que, por exemplo, se traduz numa melhor definição ao ampliar uma fotografia. Mas os nossos testes revelam que, a partir de 12 MP, mais resolução não significa mais qualidade. É noutros fatores que a qualidade se define. Por exemplo, um zoom óptico permitirá a aproximação do objeto que deseja fotografar. Um estabilizador de imagem ótica, por sua vez, suavizará os efeitos dos movimentos das mãos ao tirar uma fotografia ou ao gravar um vídeo. Os valores de parâmetro, como abertura focal ou número f, também são importantes.
  • Quando há várias câmaras, a principal tem uma distância focal fixa que varia entre f / 1.5 (grande abertura) e f / 2.8 (pequena abertura) nos telemóveis mais baratos. Normalmente, tem apenas um ângulo de visão. As câmaras adicionais serão capazes de expandir o ângulo de visão, permitindo que mais conteúdo seja captado da mesma perspetiva (grande angular) ou reduzir o ângulo de visão e ampliar os objetos (telefoto). As outras câmaras adicionais podem ser monocromáticas, o que serve para melhorar a quantidade de detalhes por não ter um filtro de cor.
  • Como todas as câmaras estão localizadas em posições diferentes no telemóvel, as várias imagens obtidas pelos diferentes sensores não mostram a mesma perspetiva. Por isso, é muito importante que a ótica venha com um bom software para processar a imagem, a fidelidade ao reproduzir as cores, a nitidez, o contraste ou o equilíbrio de brancos.

Os telemóveis apresentam mais dificuldade na gravação de vídeo. Para boas filmagens, é preciso aliar uma boa qualidade de áudio e de vídeo. Numa gravação de vídeo, que nada mais é do que uma sucessão de imagens, os principais parâmetros são a resolução e a quantidade de imagens por segundo.

  • Quanto à resolução das imagens, existem telemóveis capazes de gravar em resolução 4K, mas pode ser suficiente gravar em full HD ou mesmo em HD, se não tiver interesse em ocupar muito espaço de armazenamento.
  • Em relação ao número de imagens por segundo - medido em frames ou fps -, os nossos testes revelam que os telemóveis que gravam a mais de 30 fps obtêm melhores resultados.
Voltar ao topo

Bateria e armazenamento

A capacidade da bateria é medida em mAh (miliamperes-hora) e, atualmente, varia entre 2.000 e 6.000 mAh. Apesar de uma capacidade maior poder resultar numa vida útil mais prolongada da bateria, outros fatores devem ser tidos em consideração. Os processadores mais poderosos e os ecrãs maiores consomem mais energia. A vida útil da bateria dependerá da gestão em cada telemóvel. É muito difícil que um destes aparelhos aguente mais de um dia sem ser carregado à noite. 

Os grandes consumidores de bateria são o ecrã do telemóvel (por exemplo, o ato de desbloquear o ecrã várias vezes para verificar notificações), navegar na internet ou ver vídeos e o GPS.

Alguns fabricantes vendem o mesmo modelo de telemóvel com várias capacidades de armazenamento. Não se esqueça de ter em conta que o sistema operativo e as aplicações pré-instaladas já ocupam parte da capacidade declarada.

Com o passar do tempo, vai guardar fotografias e vídeos e fará download de outras aplicações que vão armazenar mais dados no seu telemóvel. Quando o equipamento está cheio, às vezes fica lento ao ponto de o utilizador ter de eliminar dados para poder continuar ou copiá-los para outro sítio. O ideal é que o armazenamento do telemóvel seja sempre suficiente. Um telefone de 32 GB ficará cheio num abrir e fechar de olhos. Se comprar um de 64 GB, certifique-se de que tem cartão SD para armazenamento extra. Idealmente, deve ter 128 GB. Os topo de gama já possuem modelos com 256 GB ou 512 GB.

Voltar ao topo

Questões frequentes

Respondemos às principais dúvidas sobre telemóveis.

Qual é a melhor marca de telemóveis?

Para ajudar a escolher o melhor telemóvel para as suas necessidades, atualizamos o nosso comparador de telemóveis com os modelos mais recentes que as principais marcas (Samsung, Apple, Xiaomi, LG, Motorola, entre outras) vão lançando. Consulte os nossos testes e veja a avaliação dos especialistas.

Onde comprar telemóveis baratos?

Nas lojas físicas ou online é possível encontrar telemóveis por menos de 200 euros, com bons resultados na avaliação global do nosso teste a telemóveis. Além da avaliação e dos preços, o nosso comparador também lhe mostra as lojas mais próximas de si.

Voltar ao topo