Dicas

O tablet e o telemóvel também têm sete vidas

Leitor multimédia

É uma das funções que pode dar ao smartphone antigo. Se gosta de ouvir música enquanto faz jogging ou está no ginásio, mas não quer correr o risco de deixar cair o novo smartphone ou de sobrecarregá-lo com música ou vídeo, recupere o antigo. Funciona como uma versão moderna do leitor clássico de MP3, mas com várias vantagens, como o acesso a serviços de streaming ou a escolha de apps de leitura de áudio (algumas muito mais versáteis do que os leitores clássicos).

Como reciclar o smartphone antigo? Se tiver slot para cartões de memória, o melhor é transferir os ficheiros de música ou vídeo para um cartão micro-SD. Verifique se tem capacidade suficiente: uma faixa de música a 192Kbps, com 3 minutos, ocupa cerca de 4,2 MB. Ou seja, cada GB suporta mais de 240 músicas. No caso do vídeo, há diferenças enormes entre nível de qualidade e codecs de vídeo. Referência: 1 hora equivale, em média, a cerca de 1 GB.

Se não quer limitar-se ao leitor de áudio e vídeo pré-instalado, pode melhorar a experiência com algumas apps gratuitas para Android e para iOS. Por exemplo, para música, pode recorrer ao Musicolet. A utilização é simples e tem a opção de navegação por álbuns, artistas, pastas e sugestões automáticas de playlists. Pode guardar várias opções de equalizador, temas e aparência do widget. No caso do podcast, pode usar, por exemplo, o Castbox. Para leitor de vídeo, pode recorrer ao VLC. A app tem a vantagem de ser compatível com diversos tipos de ficheiros de vídeo.

Please fill the source and the alt text 
Para podcast, comece por experimentar o Castbox.
Com ligação a redes wi-fi, também pode usar serviços de streaming de áudio/vídeo, como o Spotify ou o Netflix. Dica importante: quando não precisa de ligação à net, ponha o smartphone em modo voo e desative o Bluetooth. Aumenta muito a autonomia da bateria.