Dicas

O tablet e o telemóvel também têm sete vidas

Câmara de segurança

Se não tem sistema de segurança em casa, pode, mais uma vez, ir à gaveta recuperar o velho smartphone. Pode usá-lo como câmara de segurança, com alerta de deteção de movimentos, o que permite vigiar um determinado local.

Pode recorrer, por exemplo, à app Salient Eye. Ao detetar movimento, esta app faz o telefone tocar o alarme, enviar um e-mail ou sms. Se o smartphone estiver sem bateria, também avisa o utilizador através de notificação.

Se optar pela função webcam, pode aceder remotamente aos vídeos captados pelo smartphone, por exemplo no quarto dos filhos ou na sala. Pode fazê-lo instalando o IP Webcam, para Android, ou o IP cam, para iOS. Com qualquer uma destas, através de um endereço, protegido com um nome de utilizador e password, acede aos vídeos de forma remota.

Outra possibilidade é utilizar como intercomunicador de bebés. Com a AtHome Camera (Android e iOS), pode vigiar o quarto de um bebé e receber alertas no caso de ruídos diferentes do habitual (choro do bebé). Neste caso, tem de instalar a app em pelo menos dois smartphones ou num smartphone e num PC com webcam. Depois, define o “streamer”, ou seja, o aparelho que captura o vídeo e só falta emparelhar com o que visiona as imagens.