Dicas

Como controlar os dados móveis no telemóvel

Início

Férias, mais tempo fora de casa, os mesmos dados móveis para gerir. Siga estas 11 dicas para aproveitar melhor o plafond de dados.

  • Dossiê técnico
  • João Miguens e Sofia Costa
  • Texto
  • Laís Castro e Nuno César
05 agosto 2019
  • Dossiê técnico
  • João Miguens e Sofia Costa
  • Texto
  • Laís Castro e Nuno César
conjunto de smartphones

iStock

Verão é tempo de passar os dias ao ar livre, longe do escritório, de casa... e da ligação permanente à internet. Para navegar, utilizar aplicações ou ver vídeos em 3G ou 4G, o dispositivo consome dados móveis. É uma solução prática na falta de uma ligação Wi-Fi, na estrada ou no comboio, por exemplo. E tudo se tornou mais interessante após a abolição do roaming na União Europeia. Mas a navegação móvel não é ilimitada, nem gratuita. Uma quantidade determinada de dados, expressa em megabytes (MB) ou gigabytes (GB), costuma estar disponível consoante o tipo de tarifário ou cartão recarregável pré-pago. Ao ultrapassar o tráfego de dados incluído, a fatura dispara.

Se é daqueles que não conseguem desligar da rede por muito tempo, temos 11 dicas para ajudar a poupar os dados móveis. Mas, antes de continuar a ler, confirme se o seu tarifário móvel é adequado ao uso que quer fazer. Basta indicar, no nosso simulador, a utilização que pretende.

Ver tarifários móveis

11 truques para poupar dados

1. Redes Wi-Fi gratuitas

Hóteis, restaurantes, aeroportos, cidades com rede Wi-Fi gratuita... existem centenas de locais onde pode prescindir do uso dos dados móveis. Se for cliente de alguns operadores, tem acesso às suas próprias comunidades gratuitas de Wi-Fi. É o caso da NOS Wi-Fi e da MEO Wi-Fi. Mas tenha atenção ao tipo de rede a que se está a ligar e condições de uso. Veja 10 formas de garantir a segurança nas redes Wi-Fi.

2. Mapas em modo offline

Prefira usar os mapas em modo offline se conseguir gerir as apps de GPS no telemóvel de forma a dispensar os serviços de trânsito, ou outros que impliquem ligação constante de dados. No fundo, terá de dispensar os serviços que envolvam atualizações.

3. Downloads e reproduções automáticas

Desative os downloads automáticos de vídeos, imagens e ficheiros em geral (multimédia ou não). Também a reprodução automática de vídeos nas apps de redes sociais (como o Facebook e o Instagram) devem ser canceladas, para não gastar dados móveis desnecessariamente.

4. Mensagens de texto

Para trocar mensagens, as aplicações como o WhatsApp são muito práticas. Mas exigem ligação à net. Para poupar dados móveis, não se esqueça de que tem as SMS à disposição. Se não forem demasiado longas e não as transformar em MMS (pode separar o texto em várias mensagens), não consomem dados e estão incluídas na maior parte dos tarifários atuais.

5. Use as chamadas de voz

Use os minutos de chamadas de voz que já estão incluídos na sua mensalidade para comunicar. Não paga mais por eles. Se não tem minutos incluídos no tarifário, usar as chamadas como alternativa às mensagens já depende do que paga por elas. O mais comum é que, neste caso, as chamadas de voz dificilmente sejam uma alternativa mais barata.

Quer conhecer as outras dicas para poupar nos dados móveis durante as férias e saber que funcionalidades devoram dados?

Se já tem conta no site, clique aqui para continuar a ler o artigo. Caso contrário, clique no botão abaixo para se registar e conhecer todas as vantagens.

Registar

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.