Dicas

Capas e proteções de telemóvel: soluções para todas as carteiras

02 março 2017
Capas e proteções para telemóvel.

02 março 2017
As capas e os protetores de ecrã ajudam a prolongar a vida do telemóvel, mas nenhum garante segurança a 100% em caso de choque ou queda. As capas custam de 3 a 90 euros e as proteções começam nos 99 cêntimos e podem chegar aos 30 euros.

Início

Entre os azares mais frequentes nos telemóveis e tablets, contam-se as quebras do ecrã e outras avarias depois de uma queda. A reparação do ecrã pode ultrapassar os 100 euros. O custo depende do tipo de smartphone e da opção ou não por peças de origem.

Para evitar estragos maiores e despesas, existem vários tipos de capas e proteções, algumas por menos de 10 euros. São eficazes, mas não infalíveis. Não substituem o máximo cuidado ao manusear um dispositivo delicado e caro, como um smartphone. Evite, por exemplo, transportá-lo no bolso de trás das calças. Também pode partir-se quando se sentar. E cuidado se tem por hábito pousá-lo no colo, no restaurante, por exemplo. No caso de distração, ao levantar-se, pode escorregar e quebrar-se. Os selfie sticks representam uma nova ameaça. Certifique-se de que o telemóvel está bem instalado, antes de fazer a fotografia do ano.

Há telemóveis mais resistentes

Os 20 melhores telemóveis do nosso comparador oferecem boa resistência ao choque e aos riscos. Destacamos a excelente classificação dos Samsung Galaxy S5, S6 e S7, dos Galaxy S6 Edge e Edge Plus, dos iPhone 7 e 7 Plus e do Galaxy Alpha. Devem ser tratados com todo o cuidado e protegidos com uma capa. Nenhum é totalmente infalível em caso de choque ou queda.

O nosso teste revela os melhores telemóveis ao preço mais baixo. Veja a nossa seleção para todas as diagonais (dos mais pequenos, de 3,5 a 4,5 polegadas, até aos phablets com mais de 5,5 polegadas).

A melhor capa envolve

É essencial comprar uma capa e usá-la sempre: é a única forma de proteger o smartphone ou tablet em caso de choque ou queda.

Muitas vezes, a escolha é comandada pelo fator estético. A proteção depende sobretudo da qualidade dos materiais: o silicone e o couro estão entre os mais resistentes. As capas que envolvem todo o equipamento, bolsas ou modelos com tampa, evitam riscos ou arranhões que prejudicam o aspeto, levando o telemóvel a parecer mais antigo do que na realidade é.

As capas protegem o telemóvel em caso de choque ou queda, mas não se esqueça de pôr também o ecrã a salvo. Para ajudar, existem as proteções de vidro temperado. Nos testes, verificamos que não afetam a nitidez do ecrã, nem a legibilidade dos textos. Também não prejudicam a sensibilidade ao toque: esta função continua a funcionar.

Há ainda películas plásticas para proteger o ecrã, muito mais baratas. Porém, só protegem contra riscos e, mesmo assim, são menos eficazes do que as de vidro temperado. Independentemente do tipo de proteção, quando apresentarem riscos, poderá mudá-las para voltar a ver com nitidez o ecrã. Antes de aplicá-las, limpe cuidadosamente o ecrã, removendo poeiras e sujidades para evitar a formação de bolhas. Algumas são vendidas com um adesivo especial para facilitar a tarefa.

Nas lojas com este tipo de acessórios, muitas vezes, pode pedir para colocar a película ou vidro: o resultado final é melhor. Por vezes, este serviço também se paga.


Imprimir Enviar por e-mail