Primeiras impressões

Surface: o tablet da Microsoft com Windows 8

27 junho 2012 Arquivado

27 junho 2012 Arquivado

Surface à vista: a Microsoft acaba de apresentar o seu primeiro tablet com Windows 8. Revelamos os principais atributos e o que distingue o Surface do Surface Pro.

A Microsoft acaba de apresentar o Surface, o seu tablet com Windows 8. Hardware e software, o Surface é um tablet totalmente concebido pela Microsoft. A empresa prepara o lançamento de dois modelos distintos.

O modelo mais básico chama-se apenas Surface. Foi planeado para competir diretamente com os outros tablets. Conta com um processador ARM (em vez de Intel) e inclui a versão do Windows RT, específica para aquele processador. Este modelo não permite instalar os programas que utiliza atualmente no ambiente Windows. O Surface pesa 676 gramas (quase idêntico ao iPad) e mede 9,3 mm de espessura (também muito semelhante ao iPad). Estará disponível em duas versões: 32 e 64 Gigabytes.

Híbrido entre o tablet e o computador, o Surface Pro é o modelo mais sofisticado. Foi criado para uma utilização profissional. Com um processador Intel, será alimentado pelo novo sistema operativo Windows 8. Pesa quase 1 kg e exibe mais de 1 cm de espessura. Este tablet contará com duas versões: 64 e 128 Gigabytes.

Com 3 mm de espessura, a capa que protege o ecrã do Surface tem dupla função: converte-se num teclado e touchpad ao abrir.

Surface com ecrã de 10,6 polegadas
O sistema operativo Windows 8 está pensado para tablets e computadores. O Surface materializa esta pretensão. O ecrã exibe 10,6 polegadas, resolução Full HD e formato 16:9.

A porta USB 3.0 com todas as funcionalidades permite transferir ficheiros de dispositivos externos para o tablet e vice-versa. Por exemplo, carrega dispositivos móveis, como se fosse um computador. Esta é uma clara vantagem face ao iPad.

Apesar de existirem versões de capacidades diferentes, o Surface traz uma slot para cartão micro-SD. Pode aumentar a memória com um cartão micro-SD e transferir conteúdos.

Com 3 mm de espessura, a capa que permite proteger o ecrã do tablet tem dupla função. Converte-se num teclado e touchpad ao abrir. Tal como nas capas para iPad, a touch cover adere ao ecrã através de um contacto magnético.

No painel traseiro do Surface, poderá abrir um suporte para manter o tablet na posição vertical.

O suporte no painel traseiro é muito útil para visualizar vídeos no Surface.

Chega até ao final do ano
Com base nos dados anunciados sobre o desenho e as possibilidades, o Surface é uma proposta promissora. Ainda não se conhecem os preços, nem a data exata de lançamento nas lojas. A Microsoft revelou que o Surface terá um preço idêntico ao dos outros tablets com características semelhantes já à venda. O Surface Pro não andará muito longe do preço dos ultrabooks.

Quando a empresa anunciou, em outubro de 2011, o novo sistema operativo, revelou que o equipamento estaria disponível em menos de um ano, ou seja, final de 2012.


Imprimir Enviar por e-mail