Primeiras impressões

Sony Vaio Duo: um ultrabook disfarçado de tablet

19 fevereiro 2013 Arquivado

Arquivado

Após um período de adaptação, o híbrido da Sony ganha adeptos. Tem boa qualidade de imagem, mas o som deixa muito a desejar e a orientação do ecrã não é eficaz. O preço começa nos 1299,99 euros.

Primeiro estranha-se, depois entranha-se

A experiência de utilização deixa um sabor agridoce. O Sony Vaio Duo, embora exija habituação, acaba por se tornar interessante. Ao navegar em páginas web, é mais imediato tocar no ecrã do que usar o rato para clicar. Como é do estilo nipple, o rato não funciona por movimento mecânico, recorrendo a um sistema ótico, à semelhança dos telemóveis Blackberry. Para um ecrã tão grande, acaba por ser uma solução desadequada.

O Vaio obtém um bom desempenho multimédia ao tirar partido do seu processador Intel Core i5 e dos 4 GB de memória RAM.

Apesar de refletivo, o ecrã consegue uma qualidade acima da média. Mede 11,6 polegadas e é fullHD (1080). A qualidade de som não é a melhor, justificável, em parte, pela espessura reduzida do equipamento.

O Sony Vaio Duo recebe nota positiva também nos interfaces. Conta com leitor de cartões, uma ligação VGA, duas entradas USB 3.0 e ainda uma saída HDMI.