Primeiras impressões

Sony Vaio Duo: um ultrabook disfarçado de tablet

19 fevereiro 2013 Arquivado

19 fevereiro 2013 Arquivado

Após um período de adaptação, o híbrido da Sony ganha adeptos. Tem boa qualidade de imagem, mas o som deixa muito a desejar e a orientação do ecrã não é eficaz. O preço começa nos 1299,99 euros.

Início

A Sony propõe um híbrido que, à primeira vista, não se distingue de um tablet. Mas quando puxamos o ecrã do Vaio Duo para cima, posiciona-se a cerca de 45° de um teclado físico, escondido por baixo, e no qual se integram o processador, a memória e a bateria.

O sistema do modelo da Sony, que oscila entre € 1299,99 e € 1420, apresenta inconvenientes. A orientação do ecrã não é eficaz. Quando abrimos o aparelho, o ecrã nem sempre assume a orientação correta. Bastaria detetar que estava aberto para posicionar o ecrã corretamente, mas este aparelho parece recorrer apenas ao acelerómetro interno, o mesmo usado no modo tablet. Por vezes, é preciso voltar a fechar, segurar na posição correta e abrir.

O ecrã, com boa qualidade de imagem graças ao brilho, elevada resolução e nitidez das cores, é um pouco refletivo e “coleciona” todas as dedadas. 

Pontos fortes e fracos
Boa autonomia 
Brilhos, cores e resolução
Teclado proporciona posição cómoda para trabalhar
Teclado funciona também como dock para o ecrã
Versatilidade (portas USB, saídas de vídeo, leitor de cartões, etc.)
Dimensão e peso superiores aos dos tablets
 Rato integrado do tipo nipple
 Ecrã refletivo
 Som

Imprimir Enviar por e-mail