Primeiras impressões

PlayStation Move: rival à altura da Wii

11 fevereiro 2014 Arquivado

11 fevereiro 2014 Arquivado

Com o comando Move, os utilizadores da PlayStation 3 podem controlar jogos por movimento, anteriormente o grande trunfo da Wii. A experiência é mais realista e intuitiva.

O comando Move da PlayStation permite uma nova forma de jogar na consola da Sony: o utilizador simula um movimento real e o gesto é reproduzido no ecrã. Antes, esta funcionalidade só estava disponível na Wii, consola da Nintendo. O comando custa a partir de € 30 e há jogos próprios. Também são disponibilizados títulos adaptados para versão Move (por exemplo, Heavy Rain).

Em vários jogos de desporto, disparo ou grupo, o Move oferece uma experiência muito intuitiva e realista, embora não se adeqúe a todos os jogos.

O comando Move da PlayStation permite controlar jogos por movimento 
O comando Move permite controlar jogos por movimento.

Precisão e fluidez
Comparámos este dispositivo com o comando da Wii. O Move é mais confortável de manusear, por ser mais leve. Tem uma bateria interna de iões de lítio, enquanto na Wii são usadas pilhas AA. A bateria é carregada através de um cabo USB ligado à consola e a carga completa rende cerca de 20 horas de divertimento. Precisa de 4 horas para carregar totalmente, mas meia hora de carga já permite jogar cerca de 6 horas.

Nos jogos, o uso foi bastante agradável. O Move é muito sensível e os movimentos foram reproduzidos com precisão e fluidez. Alguns jogos podem acusar atrasos entre os gestos e a representação no ecrã, mas são pouco significativos (no máximo, 0,1 segundos).

Comando da Move
O Move é mais leve do que o comando da Wii porque tem uma bateria de iões de lítio, em vez de pilhas.

Câmara com ângulo de visão reduzido
Antes de cada novo jogo ou, por vezes, a mudar o nível é necessário calibrar o comando. É um procedimento rápido, entre 5 a 10 segundos, mas um pouco incómodo. A câmara tem um ângulo de visão reduzido. Dois jogadores em simultâneo não podem ficar muito distantes.

O Move funciona bem com diferentes intensidades de luz ambiente. Podem ocorrer perturbações apenas nos casos mais extremos: com exposição solar direta ou quase ausência de luz ambiente. Para quem já tem uma PlayStation 3, o sistema Move proporciona uma nova forma de jogar, mas não é adequado para jogos de precisão, como futebol ou role playing games.

A Microsoft recorre ao sistema Kinetic, um sistema concorrente. O Kinetic permite controlar jogos só com o reconhecimento dos movimentos do corpo, sem manipular nenhum comando. Poderá ser usado com qualquer versão da Xbox 360.

Câmara com ângulo de visão reduzido 
A câmara é essencial para detectar a posição do comando.

Movimentos realistas
O sistema combina o comando por movimento PlayStation Move com a câmara USB PlayStation Eye. Há ainda um terceiro elemento, o comando de navegação Move, mas a maioria dos jogos não o usa e pode ser substituído pelo comando standard Dual Shock, que vem com a PS3.

O comando por movimento tem uma forma cilíndrica, uma bola de silicone iluminada no topo e vários sensores: aceleração, giroscópio e vibração. O giroscópio permite detectar a posição exacta em relação à mão do utilizador. A câmara, junto ao televisor, analisa o tamanho da bola iluminada, para calcular a distância a que está o comando. A combinação do acelerómetro com a análise da bola iluminada pela câmara fornece o posicionamento do comando na sala. O sistema de feedback por vibração dá mais realismo.

Para controlar os jogos, é necessário segurar o comando e executar os movimentos como na situação real. Por exemplo, num jogo de golfe, é preciso fazer o movimento de swing; no lançamento do disco, imitar a rotação com os braços e o pulso e, num jogo de pingue-pongue, os movimentos do pulso até permitem efeitos.

O utilizador tem de segurar o comando e simular os movimentos como na situação real 
O utilizador tem de segurar o comando e simular os movimentos como na situação real.