Notícias

Discos externos e serviços cloud: 7 mil utilizadores revelam os melhores

14 junho 2013 Arquivado

Arquivado

Os inquiridos preferem usar os discos rígidos externos, mas os serviços cloud já conquistaram muitos adeptos. A velocidade e a facilidade de utilização são os pontos decisivos na hora de avaliar estas soluções.

O que faz a diferença

Os serviços cloud são a solução ideal para quem viaja muito e quer ter acesso a pastas com ficheiros de trabalho, fotos, filmes e músicas sem carregar o portátil, pens ou um disco externo. Com uma ligação à Net, pode consultar e usar os dados em qualquer lugar e hora.

Sempre que atualizar um ficheiro, o programa encarrega-se de sincronizar e atualizar os conteúdos, tanto na “nuvem” como noutros computadores e dispositivos móveis que utilizem a conta. Com os serviços cloud, pode partilhar pastas e ficheiros com amigos e familiares. Mas evite gravar informações confidenciais. Não há garantias de segurança total ou de que os ficheiros sejam eliminados ao desativar a conta.

Os serviços cloud oferecem vários GB de armazenamento gratuito. A maioria disponibiliza espaço adicional, mas terá de pagar. Por exemplo, o Dropbox utiliza uma plataforma online e disponibiliza aplicações para computadores e dispositivos móveis. Para aceder, tem de criar uma conta. O processo é muito simples, bem como a instalação do software. De um modo geral, este serviço é muito fácil de utilizar, versátil e fiável. O utilizador terá apenas de se preocupar em colocar os ficheiros que tenciona armazenar ou sincronizar na pasta específica do serviço.

Já os discos rígidos externos acompanham o portátil, repousam ao lado do computador de secretária ou são ligados à televisão para visionar fotos e filmes. Leves e pouco volumosos, adaptam-se a qualquer computador.

Alguns modelos permitem a encriptação de dados. Na escolha, considere o preço por gigabyte e a qualidade da construção. Certos modelos possuem uma proteção de borracha que compensa pequenas quedas ou pancadas.