Notícias

Discos de armazenamento em rede: uma nuvem só para mim

03 março 2014 Arquivado

03 março 2014 Arquivado

Com um disco de rede pode ter um servidor ou uma nuvem pessoal em casa e aceder a conteúdos onde quiser através da Net. Dado o número crescente de aparelhos ligados à rede doméstica, pode ser uma boa solução.

Início

A informação que produzimos cresce a um ritmo imparável e é essencial que esteja acessível em todo o lado, a toda a hora. Se a esta urgência se juntar um dispositivo móvel, estão reunidas as condições de sucesso para os discos de rede (também designados por discos Network Attached Storage).

Os discos de rede centralizam a informação no mesmo local, que é a casa do utilizador e estão ligados à rede doméstica. Permitem aceder, editar e partilhar os mesmos ficheiros em todos os equipamentos ligados. Os discos de rede têm uma elevada capacidade de armazenamento (mais de 1000 GB), o ideal para música, fotografias e vídeo. Podem ser apelidados de “nuvens pessoais”. Ao contrário da solução cloud habitual, o disco NAS é controlado pelo utilizador e mora sempre na sua rede doméstica, em casa.

Boas escolhas desde 91 euros.
Boas escolhas desde 91 euros.

Discos de rede vs serviços cloud
Os discos de armazenamento em rede representam um investimento de pelo menos 100 euros. As vantagens são inegáveis: mesmo sem ligação à Internet, tem a informação sempre acessível em casa e a velocidade de transferência é muito superior aos serviços cloud tradicionais.

Para utilizadores mais preocupados com a segurança e a privacidade, saber onde está armazenada a informação é outro aliciante. O utilizador comanda as operações e a transferência da informação não se processa através da Internet, mas apenas dentro da rede doméstica.

Já o serviço cloud clássico (Dropbox e Google Drive, por exemplo) pode ser gratuito (para capacidades mais reduzidas) e garante que a informação está salvaguardada, sobretudo no caso de serviços com software que sincronizam pastas do computador com a cloud. Mantém a informação em duplicado em cada dispositivo e no servidor da empresa.


Imprimir Enviar por e-mail