Notícias

Digilow entra em insolvência e recusa pagar reembolsos

01 abril 2015 Arquivado

01 abril 2015 Arquivado

Acusada de não proceder à entrega das encomendas nem ao reembolso de pagamentos, a Digilow iniciou o processo de insolvência, em março de 2014. Os consumidores lesados devem reclamar os seus créditos após a nomeação do Administrador Judicial de Insolvência.

Em comunicado, a empresa de vendas online Digilow informou ter dado início a um processo judicial de insolvência. A empresa anunciou ainda que, na sequência deste processo, não procederá a qualquer outro reembolso ou pagamento.

Ao longo dos últimos meses foram apresentadas várias queixas contra a Digilow por consumidores cujas encomendas não foram entregues e que não viram reembolsados os pagamentos feitos entretanto. Importa alertar todos os consumidores lesados para a possibilidade de reclamarem os créditos no âmbito do processo de insolvência. Só dessa forma poderão tentar ser ressarcidos, após reconhecimento do crédito.

A DECO aconselha os consumidores interessados a reclamar o crédito no âmbito do processo, o que deverão fazer após a nomeação do Administrador Judicial da Insolvência, dentro do prazo que for estabelecido.

A nomeação do Administrador Judicial de Insolvência deverá ocorrer em breve. Logo que tal aconteça, a DECO disponibilizará essa informação para que os consumidores reclamem os créditos dentro do prazo que vier a ser estabelecido. Importa estar atento à informação disponibilizada, em face da existência de prazo para reclamação de créditos.

A DECO continuará a acompanhar esta situação. Esteja atento e não perca a oportunidade de reclamar o seu crédito.