Notícias

As melhores apps do Office a custo zero para tablet e telemóvel

07 setembro 2016
Apps gratuitas do Office para Android e iOS

07 setembro 2016
Testámos o desempenho, a versatilidade e a usabilidade de 15 aplicações com editor de texto, folhas de cálculo e apresentação de slides. Descobrimos aplicações gratuitas com um ótimo desempenho para Android e iOS.

Início

Para otimizar tempo, há quem trabalhe fora do escritório. Mais leves e finos, os tablets têm uma grande vantagem face ao computador portátil. A duração da bateria é superior. Chega a superar as 10 horas. A par desta tendência, as empresas tecnológicas apostam em software para tablets. Veja os melhores tablets ao preço mais baixo.

Algumas aplicações são gratuitas. Outras têm uma versão paga e uma gratuita. A diferença mora em dois pontos: a presença de anúncios e a falta de funcionalidades nas versões gratuitas. Por exemplo, o format painter está apenas disponível na versão paga do OfficeSuite. Outro exemplo é o Microsoft Office, que, na versão gratuita, restringe recursos como o controlo e as alterações ou o acesso às notas do orador no PowerPoint.

Pagar ou não pagar

Os anúncios nas aplicações gratuitas podem ser pequenas faixas na parte superior ou inferior do ecrã, mas também podem ser bastante intrusivos. O disparo de uma imagem publicitária durante uma apresentação estraga o momento.

Outro tipo de limitação são as imposições de tráfego. Por exemplo, a aplicação Polaris Office só é livre até atingir os 60 MB de tráfego de dados por mês. Este é o chamado modelo freemium: é gratuito, mas só até a um certo limite.

Cabe ao utilizador decidir se vale a pena pagar. Experimente uma versão gratuita. Há boas aplicações para Android e iOS. Estão disponíveis nas principais lojas: App Store (iOS) e Google Play (Android). Juntas, têm mais de 90% de quota de mercado. Selecionámos as mais populares e relevantes. Algumas já têm mais de 50 milhões de downloads.

As Melhores do Teste destacam-se pelo bom desempenho, facilidade de uso e edição de documentos de texto, cálculo e apresentações de diapositivos. Mas nem tudo são rosas: desaconselhamos uma aplicação. A Documents Free (Mobile Office Suite) desilude em quase todos os testes. É fácil de utilizar e o desempenho não é mau, mas falha no essencial: na edição de documentos e na partilha de ficheiros. Além disso, tem muitos anúncios durante as apresentações. Falha na privacidade porque partilha com empresas de publicidade o identificador único do aparelho.

Prós e contras de cada pacote

O desempenho das aplicações também depende do dispositivo e do sistema operativo. Destacamos os pontos fortes e fracos de algumas apps.

Google Docs + Sheets + Slides
Google Docs + Sheets + Slides não abre documentos guardados no iOS.

A Google Docs + Sheets + Slides integra-se bem no Android e permite edição conjunta. Mas os documentos perdem formatações quando abertos, as imagens não são redimensionáveis no processador de texto e não abre documentos armazenados no iOS.

Polaris Office + PDF
Polaris Office + PDF exibe uma boa interface.

A versão gratuita da Polaris Office + PDF é limitada a 60 MB de tráfego de dados por mês. A partir dessa marca, pode consultar documentos, mas deixa de poder editar. Não abre documentos armazenados no iOS.

Officesuite + PDF Editor
Officesuite + PDF Editor com anúncios intrusivos.

Na Officesuite + PDF Editor, podem aparecer anúncios intrusivos durante a exibição de slides. Apresentação muito pobre dos documentos de texto em Android. Envia informação pessoal para servidores de terceiros.

Documents Free (Mobile Office Suite)
A Documents Free (Mobile Office Suite) é a pior app do teste.

A Documents Free (Mobile Office Suite) só edita documentos em formatos TXT, RTF e CSV e não suporta ficheiros tão populares como DOCX ou XLSX. Não tem a aplicação de apresentações.