Dicas

Redes sociais: minimize os riscos

05 julho 2013

Estar nas redes sociais, como o Facebook, e utilizar os serviços do Google, Apple e Microsoft, ou de dispositivos móveis que incluem os seus sistemas operativos, tornam o que escrevemos, lemos, partilhamos ou pesquisamos na Internet em algo longe do efémero. Ajudamos a proteger os seus dados.

Proteja-se no Facebook

No Facebook, escolha com rigor quem pode visualizar as informações que partilha. Após o login, clique em cima, à direita, no ícone da roda dentada, e selecione “Definições e ferramentas de privacidade”. Também é possível fazê-lo através de “Atalhos de privacidade” pelo ícone do cadeado.
Quem visualiza as publicações

Por definição, algumas informações estão visíveis a todos os utilizadores e surgem nos motores de busca. Por exemplo, no Facebook, o nome, a imagem de perfil e a fotografia de capa serão visíveis, mesmo para quem não detém perfil naquela rede social. No Facebook, em “Definições e privacidade”, no campo “Quem pode ver as minhas publicações futuras?”, existem vários níveis de exposição: desde a máxima (“Público”) até à mais restrita (“Apenas eu”). Por precaução, não use a opção “Público”, pois as publicações podem ser visualizadas por qualquer utilizador a navegar na Net. Ao selecionar a opção “Personalizado”, surge outra janela que permite partilhar os conteúdos de modo seletivo com um utilizador específico.

Aplicações

Em “Definições e ferramentas de privacidade”, ao clicar em “Aplicações”, no menu à esquerda, pode verificar se o nível de privacidade de cada uma é adequado. É possível modificar a visibilidade dos “posts” e da aplicação, bem como controlar a informação a que cada aplicação tem acesso. Pode remover a aplicação, mas nem com essa ação garante que toda a sua informação fique inacessível.

Definições de cronologia e de identificação

Em “Cronologia e identificação” define quem pode adicionar informação à sua cronologia e a forma de gerir identificações. Ative, por precaução, “rever publicações” e “rever identificações”.

Se for identificado numa fotografia ou publicação de que não gosta, pode pedir ao amigo que o identificou para remover o conteúdo. Também o pode bloquear, o que permite remover a identificação. Se o “post” for ofensivo, deve denunciá-lo ao Facebook.

Registo de atividade

A exploração, de forma cronológica, de todas as suas ações na rede social é uma possibilidade. Para aceder a este registo, clique sobre o seu nome e, de seguida, em “Registo de atividade”. Reveja toda a atividade, sobretudo para alterar, se assim o pretender, o estado de privacidade.

Se for uma ação despoletada por si, pode controlar este estado. No menu à direita em “Revisão da Cronologia” pode encontrar os posts dos seus amigos que aguardam a sua aprovação para serem publicados. Analise-os com cuidado.

 

À direita do ecrã, encontra uma linha de tempo onde pode visualizar e controlar as ações relativas a uma data determinada.