Primeiras impressões

Nikon Coolpix P900: a máquina fotográfica que vai até à lua

22 julho 2015

Os zooms estão cada vez maiores. O record pertence atualmente à Nikon Coolpix P900, com 83 vezes, o que chega para fotografar a lua. Testámos este modelo, que revelou muito bom desempenho, mas tem preço elevado.

A piscar o olho à lua

Em quase um quilo de máquina, a marca japonesa adicionou um sensor de 1/2,3 polegadas e uma objetiva de 24-2000 mm. Além do peso, há que ter em conta o volume: com 14,4 centímetros de espessura, esta máquina com superzoom chega a ser maior do que muitas reflex equipadas com objetivas “normais”. Com um tal volume e peso, precisa de um saco para o transporte.

Este aparelho é indicado para quem pretende capturar imagens a grande distância, como vida selvagem ou eventos desportivos. Mas a Coolpix P900 mais parece um telescópio, pois até permite fotografar a lua com algum detalhe. Claro que, para fazê-lo, exige o uso de tripé, já que a abertura máxima com o zoom totalmente aplicado é reduzida: f:6.5.

Ainda mais surpreendente do que o zoom é o desempenho, com 71% na Qualidade Global, o que garante o título de Melhor do Teste nesta categoria. E a Coolpix P900 até tem uma funcionalidade que minimiza a dificuldade de enquadrar com uma objetiva com elevado fator de ampliação. Prevê um botão que recolhe a objetiva momentaneamente, para alargar o ângulo de visão e enquadrar o motivo com mais facilidade. Soltando este botão, retorna à posição inicial.

Mas vejamos em detalhe. Este aparelho, que traz ligações NFC, Wi-fi e GPS, obteve bons resultados na qualidade da imagem, na facilidade de utilização e no ecrã LCD, orientável na horizontal e vertical. O estabilizador de imagem consegue nota máxima, assim como a qualidade das fotos no exterior. Os menus estão bem estruturados e apresentam muitas funções. As dimensões, a pega rugosa e o espaço para ajustar o polegar à parte de trás dão conforto ao manusear. O visor ocular é eletrónico e bastante pequeno. A bateria permite fazer 360 disparos numa única carga.

A Nikon Coolpix P900 possui um botão que recolhe a objetiva momentaneamente, para alargar o ângulo de visão e enquadrar o motivo com mais facilidade. Soltando este botão, retorna à posição inicial.
A Nikon Coolpix P900 possui um botão que recolhe a objetiva momentaneamente, para alargar o ângulo de visão e enquadrar o motivo com mais facilidade. Soltando este botão, retorna à posição inicial.
O ecrã não é tátil, mas pode ser orientado em ambas as direções e teve boa avaliação.
O ecrã não é tátil, mas pode ser orientado em ambas as direções e teve boa avaliação.
O zoom de 83 vezes permite ampliar pormenores muito distantes.
O zoom de 83 vezes permite ampliar pormenores muito distantes.