Primeiras impressões

GoPro HERO5 Black e HERO5 Session: esperávamos mais

28 outubro 2016 Arquivado
Conheça as primeiras impressões dos nossos especialistas sobre as novas action cams GoPro HERO5 Black e GoPro HERO5 Session.

Arquivado
A nova GoPro HERO5 Black inclui GPS e comandos de voz para a câmara, mas o mecanismo de gravação de vídeo pouco mudou. Tal como a HERO5 Session, inclui gravação em 4K, mas não surpreende.

GoPro HERO5 Black

A GoPro HERO5 Black pode ser ligada ao smartphone por Bluetooth ou Wi-fi direct (a própria câmara cria a rede Wi-fi, à qual o smartphone se liga). Possui um ecrã tátil de duas polegadas, que torna o equipamento mais fácil de manusear do que modelos anteriores, equipados com poucos botões e onde o ecrã LCD era um opcional caro.

Em situações em que não pode andar com as mãos a descoberto, só será possível manusear o ecrã tátil com luvas apropriadas. Em alternativa, a câmara poderá ser manipulada com os controlos de voz, uma funcionalidade que estamos a testar. É uma novidade útil, cuja eficácia pode ficar comprometida por questões como o ruído de fundo, sobretudo se a câmara estiver montada sobre um capacete.

 
A bateria da GoPro HERO5 Black dura um pouco mais do que a do modelo anterior e pode ser carregada por USB-C.
 
A gravação em 4K capta 30 frames por segundo (fps). É possível alcançar as 240fps se escolher uma resolução de 720 linhas (e 120fps com 1080 linhas).

Esperávamos que o novo modelo fosse capaz de gravar em 4K a 60 fps. Foi uma desilusão constatar que não e também que as especificações de gravação de vídeo são idênticas às da velha GoPro HERO 4 Black. Tendo em conta que o mecanismo de vídeo se mantém similar, a nossa expectativa quanto à qualidade é de que não seja brilhante, tal como no modelo anterior. Em breve, saberemos se a suspeita é acertada.

Outra característica que desperta curiosidade nesta GoPro é o novo sistema de estabilização eletrónica. Por um lado, porque promete acabar com a fraca estabilização (um dos pontos negativos dos modelos anteriores), e, por outro, porque é um aspeto já bem dominado pelos modelos da Sony, a principal rival da GoPro.

A GoPro HERO5 Black conta com uma bateria ligeiramente mais duradoira, que pode ser carregada por USB-C. É uma mudança positiva, pois torna a recarga mais rápida.