Primeiras impressões

DJI Spark: analisamos o drone controlado por gestos

14 julho 2017
DJI Spark: um drone potente na palma da mão

14 julho 2017
O DJI Spark é um minidrone controlado por gestos, criado a pensar nas famílias e praticantes de atividades ao ar livre. O sistema de geofencing ajuda a respeitar os 120 metros de altura máxima a que os drones podem voar.

As pequenas dimensões do Spark, lançado pela marca chinesa DJI, permitem-no descolar a partir da mão e ser transportado para todo o lado. Com apenas 300 gramas, este minidrone com câmara é o ideal para tirar selfies ou captar momentos do quotidiano. A grande novidade do Spark é que, através do sistema PalmControl, é o primeiro drone que pode ser totalmente controlado por gestos. Analisámos o DJI Spark em laboratório. Veja os resultados e compare com outros modelos no teste a drones. Pode poupar € 188 com a nossa Escolha Acertada. Conheça ainda regras legais para usar estes aparelhos em segurança.

 

Ver teste a 12 drones

 

DJI Spark

O DJI Spark é o primeiro drone controlado totalmente por gestos, através do sistema PalmControl.

Diferentes modos num drone compacto

Além do modo de controlo por gestos, o Spark pode ser manipulado através de um comando remoto dedicado ou de um smartphone. O aparelho tem disponíveis alguns dos modos que também encontra noutros modelos de drone da DJI, como o TapFly (a direção do drone é definida com um simples toque no ecrã do smartphone) ou o ActiveTrack (o drone reconhece e segue o alvo). Além destes e do PalmControl, há outros modos inteligentes em que o drone se movimenta automaticamente.

  • Rocket: neste modo, o drone levanta verticalmente a alta velocidade, mantendo a câmara virada para baixo e o utilizador no centro do enquadramento.
  • Dronie: mantendo a câmara virada para baixo e o utilizador no centro do enquadramento, a subida é feita na diagonal.
  • Helix: neste modo, o drone vai subindo enquanto roda em volta do utilizador.
  • Circle: o drone roda em círculo, à volta do motivo.
  • Sport: o aparelho pode atingir uma velocidade até 50 km/hora neste modo.

 

DJI Spark

Com apenas 300 gramas, o DJI Spark pode descolar a partir da mão.

Divertido e funcional

Para o tamanho reduzido, o Spark não desilude e voa melhor do que alguns drones maiores. Facilmente controlável, conta com uma app funcional e vários sistemas de segurança que lhe permitem, por exemplo, evitar obstáculos (obstacle avoidance) e fazer regressar a pedido do utilizador, em caso de bateria fraca ou perda de sinal (return to home). 

A bateria do Spark tem uma autonomia de voo de apenas 15 minutos, sendo possível atingir uma distância máxima de 2 km ao utilizar o comando remoto dedicado. Mas lembre-se que em Portugal tem de voar sempre em linha de vista.

O aparelho está disponível em várias cores e vem equipado com o sistema de geofencing, que é uma grande ajuda para respeitar a regulamentação de voo da zona onde é operado. Segundo o fabricante chinês, o Spark consegue ascender a 4 000 metros de altitude. Porém, em Portugal, os drones não podem ultrapassar os 120 metros de altura (regulamento 1093/2016).

O preço varia entre € 599 (drone apenas) e € 799 (inclui um saco de transporte com drone, duas baterias, proteções para as hélices, hub de carregamento das baterias e um controlo remoto dedicado).

Os preços do DJI Spark variam entre 599 e 799 euros. Pode ser controlado através de uma app para o telemóvel ou um comando.