Dicas

Câmaras de vídeo: glossário

03 setembro 2014
camaras video

03 setembro 2014

Descodificamos funções e equipamentos, para escolher o modelo mais adequado.

Descubra a melhor câmara de vídeo para si nos resultados completos dos modelos testados e nos comentários dos nossos especialistas. Mas antes domine os termos complicados. 

Alta definição (HD)
Significa uma resolução superior a 576 linhas horizontais (definição padrão na Europa). Há três definições HD: 720p, 1080i e 1080p. O número refere-se à quantidade de linhas que compõem as imagens. A letra “i” indica vídeo entrelaçado e a “p”, vídeo progressivo (veja as respetivas definições mais abaixo). Um televisor convencional (CRT) não consegue tirar partido da alta definição.  

AVCHD 
Formato de gravação e de reprodução de alta definição. Permite utilizar vários tipos de suportes. Regra geral, está associado a câmaras HD que recorrem a cartões de memória e a memória interna. O vídeo é comprimido no formato MPEG-4 AVC/H.264 e pode gravar até 24 Mbit de dados por segundo, graças a um sistema de compressão muito eficiente, o codec AVC.

Cartão de memória
Quanto à capacidade de armazenamento, os cartões podem ser SD (Secure Digital), SDHC (Secure Digital High Capacity) e SDXC (Secure Digital Extended Capacity). Os modelos Sony aceitam, geralmente, cartões do tipo Memory Stick Pro Duo. Compre cartões com uma capacidade mínima de 8 GB: gravam, em média, 50 minutos no nível máximo de qualidade. Para maior flexibilidade, opte por um cartão de 16 GB ou recorra a cartões adicionais. Os cartões SD estão divididos, usualmente, em 3 classes que indicam a velocidade: 4,6 e 10. Correspondem, respetivamente, a 4, 6 e 10 MB/s de velocidade de escrita garantida. A classe 10 garante uma elevada velocidade de escrita (10 MB/s no mínimo) e leitura, mas é mais cara. Os cartões classe 4 são ligeiramente mais baratos e não comprometem a qualidade de gravação, mesmo no parâmetro máximo de qualidade. No entanto, nota-se, regra geral, uma menor velocidade na transferência para o PC.

Disco rígido
Relativo à capacidade de armazenamento. Os aparelhos com disco rígido estão a desaparecer do mercado. Resistem menos aos choques, embora alguns tenham um sistema de proteção que deteta a aceleração, em caso de queda. A transferência de dados para o computador é feita por USB.


Gravação em 3D
Possibilidade de selecionar o modo de gravação em 3D. Este capta o efeito de profundidade das imagens. O monitor das câmaras 3D, regra geral, permite visionar as gravações em 3D sem óculos. Para ver as imagens no televisor, terá de usar um modelo 3D e óculos específicos. A ligação é feita por ficha HDMI.

Memória interna
O funcionamento é similar ao dos aparelhos com disco rígido: exige a transferência para o computador por USB. A capacidade é mais limitada, mas ganha na resistência ao choque e na portabilidade.

PAL
Sistema de televisão analógico utilizado na maioria dos países europeus. Utiliza 576 linhas horizontais entrelaçadas (576i), proporção de 4/3 na imagem (relação entre a largura e altura) e frequência de 50 Hz.

Recetor GPS
Serve para georreferenciar os vídeos e as fotos registados na câmara. Estes ficam com as coordenadas de GPS do local onde foram realizados e, posteriormente, é possível associá-los a programas como o Google Picasa ou ao Google Maps ou Earth. 

Resolução padrão (SD)
Sistema de vídeo mais comum na Europa. Utiliza 576 linhas horizontais entrelaçadas (576i) e proporção de 4/3 ou 16:9 na imagem (relação entre a largura e altura).

Saída AV (vídeo composto) 
Na lateral da câmara, há uma ligação de 3,5 mm ou específica da marca. No outro extremo do cabo (fornecido com o aparelho), existem três fichas RCA: duas para transporte de áudio estéreo e uma para vídeo composto. Estas ligações são úteis se quiser ligar a câmara a um televisor, por exemplo. Pode estar ainda disponível uma ligação S-Video, com qualidade algo superior à RCA.

Saída HDMI 
Saída digital que permite transmitir sinais de vídeo de alta definição. Faz ainda o transporte dos sinais de áudio.

Sensores CCD ou CMOS
Estão associados à reprodução da cor.

Ultra HD (UHD ou 4K)
Resolução de imagem 4 vezes superior à atual norma Full HD. Enquanto uma câmara Full HD capta imagens compostas por 1080 linhas horizontais com 1920 pontos cada (1920x1080 pix), uma ultra HD capta imagens com 2160 linhas com 3840 pontos cada (3840x2160 pix). Só consegue tirar partido total do ultra HD se o televisor também for ultra HD ou se tiver um monitor de PC de elevada resolução. 

Vídeo entrelaçado 
O vídeo entrelaçado é indicado pela letra "i". Por exemplo, 1080i traduz uma definição composta por 1080 linhas horizontais, mostradas alternadamente. Isto quer dizer que a imagem apresentada é composta  por dois quadros diferentes que se complementam a uma velocidade muito elevada. Um destes quadros inclui todas as linhas pares. O outro adiciona as linhas ímpares. Ambos surgem alternados a alta frequência, mas ao olho humano parece uma única imagem. O vídeo entrelaçado consome menos largura de banda, ou seja, ocupa menos espaço na memória para o mesmo tempo de gravação.

Vídeo progressivo
Todas as linhas são representadas em simultâneo no ecrã. Este método consome maior largura de banda, mas apresenta uma imagem mais estável. É indicado pela letra "p". Por exemplo, 1080p traduz uma imagem composta por 1080 linhas horizontais renovadas por cada nova imagem.

Visor ocular 
Usar o visor ocular, em vez do monitor LCD, aumenta a autonomia da bateria e melhora bastante a visibilidade em ambientes com muita luz natural. Mas um monitor LCD com dimensões superiores proporciona uma utilização mais cómoda.

Zoom digital
A ampliação é feita pelo software. O processo é similar à ampliação de uma imagem no ecrã de um PC, portanto cada aumento leva a uma perda de nitidez. Este tipo de zoom não traz vantagens. 

Zoom ótico
A ampliação é feita pelas lentes. Não se perde resolução na imagem como no zoom digital.

Wi-Fi
Com a Net sem fios pode partilhar fotografias ou vídeos. Consegue também emparelhar o seu equipamento com smartphones e tablets, mas precisa de uma aplicação disponível, por exemplo, nas lojas GooglePlay ou AppStore. Através do emparelhamento pode controlar remotamente a câmara de vídeo: iniciar e interromper as gravações, monitorizar no ecrã do smartphone o que está a ser enquadrado na câmara, entre outros. Nalguns casos, é possível fazer o streaming das gravações para serviços na Net (live broadcast). Uma funcionalidade que permite, por exemplo, monitorizar o interior da sua casa enquanto está ausente.

Wi-Fi Direct
O Wi-Fi Direct permite à câmara de vídeo criar a sua própria rede Wi-Fi, à qual pode conectar o seu smartphone ou tablet. 


Imprimir Enviar por e-mail