Água

Todos os anos desperdiçamos milhões de metros cúbicos do líquido da vida. Como podemos evitar perder tanta água, um bem tão escasso?

Já alguma vez se interrogou sobre quanta água existe na Terra? Cobre mais de 70 % da sua superfície e foi nela que a vida começou e é o habitat de milhões de espécies, desde os organismos mais pequenos, medidos em mícrons, à baleia azul, que pode atingir 30 metros de comprimento e 200 toneladas.

Mas, nos últimos dois séculos, tornou-se o final da viagem para muitos poluentes libertados na natureza e uma mina recentemente descoberta, rica em minerais por explorar. Para podermos continuar a usufruir dos benefícios da água limpa e de oceanos e rios saudáveis, precisamos de alterar radicalmente o modo como utilizamos e tratamos a água.

Os oceanos e os mares desempenham também um papel fundamental no clima mundial: são o maior sumidouro de carbono e captam o dióxido de carbono da atmosfera. As correntes oceânicas contribuem para o aquecimento e para o arrefecimento de diferentes regiões, tornando-as mais habitáveis. A evaporação dos mares quentes pode cair sob a forma de chuva ou neve em todo o globo, contribuindo para a sustentabilidade da vida na terra.

Na verdade, 97% de toda a água na Terra é salgada e, portanto, imprópria para consumo. Apenas 3% de toda a água na Terra é potável, e destes, apenas 0.5% estão imediatamente disponíveis. Os restantes 2.5% estão armazenados em glaciares e calotas, na atmosfera, no solo, abaixo da superfície da Terra ou demasiado degradados para consumo.

Para os seres humanos, a água não é simplesmente uma necessidade vital: é também um recurso de que desfrutamos todos os dias. Em casa, utilizamo-la para cozinhar, nas limpezas, para tomar banho e nas descargas dos autoclismos.

A água é utilizada na produção dos nossos alimentos, roupas, telemóveis, automóveis e livros. Utilizamos a água para construir casas, escolas e estradas, bem como para aquecer os edifícios e arrefecer as centrais elétricas. Com a eletricidade que produzimos a partir da sua circulação, iluminamos as nossas cidades e as nossas casas. Nos dias quentes de verão, mergulhamos no mar ou passeamos à beira de lagos para nos refrescarmos.

Infelizmente, a forma como utilizamos e tratamos este recurso precioso não só afeta a nossa saúde, como também tem impacto em toda a vida que depende da água. A poluição, a sobre-exploração, as alterações físicas dos habitats aquáticos e as alterações climáticas continuam a comprometer a qualidade e a disponibilidade de água.

As águas subterrâneas extraídas dos aquíferos podem ser transportadas ao longo de centenas de quilómetros até chegarem às nossas casas. Uma vez utilizadas, podem ficar contaminadas por substâncias químicas (por exemplo, fosfatos utilizados em produtos de limpeza), microplásticos ou óleos alimentares.

Alguns destes poluentes e impurezas podem permanecer na água, mesmo após terem sido submetidos a avançados processos de tratamento das águas residuais. No caso da agricultura, a água utilizada para as culturas pode conter resíduos de substâncias químicas utilizadas em adubos e pesticidas. Depois de ser utilizada e, por vezes, tratada, parte desta água alterada regressa a uma massa de água, ficando comprometido o uso posterior.

Preservar a água potável para as futuras gerações de humanos e vida selvagem, implica encontrar formas de reduzir o desperdício de água, prevenir a poluição de fontes potáveis de água e melhorar a gestão dos recursos hídricos.

Quando recolhemos água a partir da sua origem e a utilizamos, quase sempre alteramos vários dos seus aspetos. Como consumidores, temos um papel ativo na preservação de um dos bens mais preciosos do nosso Planeta, e sem o qual não há vida. Eis o que pode fazer:

Se falharmos neste desígnio, teremos de enfrentar todas as consequências que a falta de abastecimento de água acarreta. Aumento descontrolado do preço da água, incapacidade de produzir alimentos e produtos, má higiene e aumento da transmissão de doenças, escalada de tensões políticas. Economize água: o seu esforço pode fazer toda a diferença. Proteja o nosso planeta e todos os seres vivos que fazem dela a sua casa.

Atualidade

Veja como pode poupar água, a bem do planeta e do seu bolso, com recomendações úteis para reduzir os consumos de água sem alterar o conforto.

Ver todos

Poupar água em casa: 5 projetos fáceis para economizar

Registare descarregar e-book

Lixo não é água

Na maioria dos municípios, a cobrança do valor do lixo faz-se através da parcela “tarifa de resíduos”, inserida na fatura da água, que corresponde, em média, a 20% do valor total da fatura.

Junte-se a nós

A sua torneira gasta muita água?

Conte quantos segundos demora a encher um recipiente de 1 litro e faça a conta. No nosso caso demorou 7 segundos: a conta é 60:7=8,5 l/min. Uma torneira eficiente não deve gastar mais de 6 l/min!

Calculadora Ambiental

Conheça a calculadora que revela o impacto das suas escolhas diárias no ambiente, e lhe dá conselhos práticos sobre como o reduzir, em áreas como água, energia, mobilidade ou resíduos.

Comece já
×
Cookies

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.

A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela DECO PROTESTE. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Saber Mais