Notícias

Seguros de saúde: coberturas à lupa

01 janeiro 2016
cobertura seguro de saúde

01 janeiro 2016

A maioria dos planos são vendidos sob a forma de pacotes predefinidos de capitais e coberturas. Saiba como escolher o que melhor se adapta às suas necessidades.

Início

As coberturas de hospitalização, ambulatório e parto são as mais importantes, mas vários pacotes incluem outras que podem interessar: por exemplo, estomatologia, próteses e ortóteses, medicamentos e subsídio diário em caso de internamento.

Hospitalização
Cobre despesas associadas a um internamento em hospital ou clínica por um período superior a 24 horas. Presente na base de todas as apólices, inclui o pagamento da diária hospitalar, aluguer do quarto, honorários dos médicos, enfermeiros e anestesistas e elementos auxiliares de diagnóstico (testes e exames necessários para o diagnóstico).

Os tratamentos durante o internamento estão cobertos, incluindo enfermagem geral, medicamentos e materiais usados (alguns planos incluem injeções e pensos), radioterapia, quimioterapia e transfusões de sangue. O transporte em ambulância de e para a unidade hospitalar é pago, desde que clinicamente aconselhável.

A garantia mais importante desta cobertura é a intervenção cirúrgica. Nesta incluem-se os honorários dos cirurgiões, ajudantes e anestesista, exames e materiais usados na operação, como próteses intracirúrgicas, oxigénio e reanimação, entre outros. Outra despesa importante garantida é o aluguer do piso de operações. Nos seguros de assistência e mistos (dentro da rede), as prestações previstas nesta cobertura necessitam de pré-autorização dos serviços médicos da seguradora.

Exclui despesas de caráter particular, como telefone ou televisão, enfermagem privativa e assistência ao domicílio. Por norma, as despesas com acompanhantes também não são contempladas, exceto no caso de internamento de crianças até 12 anos.

Subsídio diário em caso de internamento
Cobertura associada à de hospitalização e, na maioria dos casos, opcional. Paga um valor fixo por cada dia de internamento da pessoa segura para fazer face a pequenos gastos não abrangidos pela cobertura de internamento, como despesas de telefone ou televisão. Os valores diários oscilam entre 20 e 75 euros.

Adicionalmente, algumas apólices estabelecem um limite máximo de dias para usufruir desta garantia ou uma indemnização máxima anual. Pode também ser definida uma franquia diária, que consiste num número mínimo de dias de internamento a partir do qual a cobertura de subsídio é ativada.

Ambulatório
Paga despesas com consultas de clínica geral ou de especialidade, exames auxiliares de diagnóstico e tratamentos em regime de ambulatório. Garante assistência hospitalar em regime externo: despesas com pequenas cirurgias sem internamento, honorários do cirurgião e dos ajudantes, material, sala de operações e, em alguns casos, o transporte em ambulância.

De fora ficam as consultas e tratamentos de psiquiatria e psicologia, exames de rotina, fisioterapia (exceto devidos a acidente coberto pelo seguro); exames e tratamentos de infertilidade ou de inseminação artificial; hemodiálise, tratamentos de obesidade, termas, medicinas alternativas (homeopatia e acupuntura, por exemplo); doenças profissionais e despesas de caráter particular. Algumas apólices poderão prever o pagamento de um número de consultas de psiquiatria ou sessões de fisioterapia por ano.

Parto
Cobre despesas relativas à gravidez e ao parto. Além do parto natural, estão cobertas a cesariana e a interrupção espontânea de gravidez. A seguradora paga a diária hospitalar da mãe e do recém-nascido, os honorários médicos do obstetra e do pediatra, a sala de operações e os medicamentos ministrados. Em muitos casos, esta cobertura está integrada na hospitalização, tendo um limite de capital próprio. Exclui despesas de caráter particular e com acompanhantes.

Estomatologia
Paga despesas com consultas e tratamentos dentários. Em muitos seguros mistos, as despesas ao abrigo da cobertura de estomatologia só são garantidas quando realizadas na rede de prestadores da seguradora. Exclui aplicação de metais preciosos.

Próteses e ortóteses
Cobre custos com a aquisição ou aluguer de aparelhos que substituem um membro ou órgão (próteses) e auxiliares de uma função (ortóteses), desde que prescritos por um médico: por exemplo, cadeiras de rodas, camas articuladas, óculos e lentes de contacto graduadas, aparelhos auditivos, muletas e próteses ortopédicas.

De fora ficam óculos de sol, calçado ortopédico, colãs ou meias elásticas, cintas e colchões ortopédicos.

Medicamentos
Cobre despesas com medicamentos. Para evitar o recurso regular ao seguro para compensação de pequenas despesas, a maioria dos planos define uma lista de artigos excluídos: por exemplo, produtos de higiene e cosméticos, vacinas, contracetivos e medicamentos de venda livre.

Segunda opinião médica
Em caso de doença grave (cancro, doença cardiovascular, transplante de órgãos ou acidente vascular cerebral, por exemplo), a seguradora recolhe uma segunda opinião médica sobre o diagnóstico ou o tratamento a seguir junto de especialistas ao nível mundial. Para tal, encarrega-se de enviar o processo clínico, selecionar médicos e hospitais, marcar consultas e de reservar transportes e alojamento no estrangeiro para a pessoa e para os seus familiares. Exclui serviços não aprovados pela seguradora ou em Portugal.

Cobertura médica internacional por doença grave
Se a pessoa segura portadora de doença grave optar por ser tratada no estrangeiro, esta cobertura paga as despesas de assistência hospitalar, como internamento, intervenção cirúrgica, exames e tratamentos, medicamentos ou próteses cirúrgicas. Até determinado limite, fica coberto o custo das viagens do segurado e acompanhante e o alojamento no estrangeiro. Quando clinicamente aconselhado, é assegurado o transporte em ambulância. Exclui doenças não consideradas graves, despesas em Portugal ou fora da rede de prestadores internacionais.