Notícias

Avaliação a pedido: ADSE ou seguro de saúde?

29 janeiro 2014 Arquivado

29 janeiro 2014 Arquivado

“Com a anunciada subida da contribuição para a ADSE para 3%, valerá a pena renunciar à ADSE e contratar um seguro privado?”

A ADSE corresponde, em traços gerais, a um plano de saúde que é facultado aos funcionários públicos, pelo qual estes pagam uma quantia que, atualmente, equivale a 2,5% do seu vencimento. Comparando os custos e as coberturas que tem face às ofertas das seguradoras, verá que não tem qualquer vantagem em abdicar da ADSE. A nível da cobertura, um plano privado de saúde apresenta limitações relacionadas, nomeadamente, com exclusões (por exemplo, hemodialise, quimioterapia, fisioterapia), períodos de carência, franquias, limites reduzidos (por exemplo, estomatologia) entre outros. De resto, o seguro de saúde tem duração anual pelo que não é garantido que continue a poder usufruir da sua cobertura nos anos vindouros.

Em nossa opinião, os seguros de saúde privados nem deverão ser considerados um produto substituto da ADSE. E, mesmo comparando apenas custos, verificará que esta apresenta, em regra, um custo muito inferior aos planos de saúde vendidos no nosso mercado. Por fim, deverá ainda saber que caso renuncie à ADSE não mais poderá voltar a usufruir deste plano.

Desaconselhamos por completo abdicar da ADSE. Se quiser obter mais informações sobre as características dos seguros de saúde existentes no mercado, consulte o nosso portal. O serviço Avaliação a Pedido é disponibilizado pela PROTESTE INVESTE em exclusivo para subscritores. Mais informações no portal financeiro.


Imprimir Enviar por e-mail