Notícias

Allianz não reembolsa cirurgia de redução mamária

19 maio 2017
reembolso de cirurgia

19 maio 2017
A seguradora alegou que a cirurgia não tinha uma razão clínica, apesar de os relatórios provarem que a consumidora foi operada por excesso de peso mamário e problemas na coluna.

Com problemas na coluna há vários anos, provocados por uma gigantomastia (excesso de peso mamário), A. S. seguiu a recomendação do médico e submeteu-se a uma cirurgia de redução mamária. Depois de operada, enviou todas as despesas, no valor de € 3 mil, para a Allianz, a sua seguradora, solicitando o reembolso. 

Um mês depois, foi surpreendida com uma resposta negativa. A Allianz alegou que este tipo de intervenção cirúrgica apenas é coberto quando resulta de um acidente ou de uma doença maligna, não sendo esse o caso. 

Os relatórios médicos que A. S. enviou à seguradora atestavam não estar em causa uma motivação estética e sim um problema clínico. Mas a Allianz mostrou-se irredutível em todos os nossos contactos e pedidos de reanálise do processo. 

Perante o impasse na resolução do caso, resta à nossa associada recorrer a um julgado de paz ou, caso o juiz de paz se assuma incompetente nesta matéria, contratar um advogado e interpor uma ação em tribunal.

Se teve um problema com uma seguradora, hospital ou centro de saúde, apresente a queixa na nossa plataforma Reclamar. Pode pedir conselho aos juristas, enviar o caso para o organismo visado e acompanhar o processo.

Antes de contratar um seguro de saúde, veja se as coberturas são adequadas a si e à sua família. No nosso simulador, descubra o melhor seguro e comece a poupar. Se for associado, tem mais vantagens ao mudar de seguro.


Imprimir Enviar por e-mail