Notícias

Gravidez: atenção aos medicamentos para a enxaqueca

06 setembro 2019
mulher grávida sentada com a mão na barriga

06 setembro 2019

Os valproatos para a enxaqueca e doença bipolar devem ser interrompidos em caso de gravidez. Se utiliza esses medicamentos para a epilepsia, fale com o médico.

As mulheres que tomam medicamentos com valproato ou ácido valpróico devem ter especial atenção se pensam em engravidar ou estão grávidas. Segundo o INFARMED, essas substâncias podem causar malformações graves nos bebés e afetar o desenvolvimento durante o crescimento. 

Estes medicamentos estão aprovados na União Europeia para tratar a epilepsia e o transtorno bipolar e, em alguns países, para a prevenção da enxaqueca. A Agência Europeia do Medicamento concluiu que as mulheres visadas não têm estado a receber a informação sobre os riscos destes medicamentos de forma correta e atempada. Por isso, lançou medidas para evitar a exposição na gravidez ao valproato e ao ácido valpróico.

Algumas das medidas incluem a proibição do uso destes medicamentos para a enxaqueca ou transtorno bipolar durante a gravidez e a proibição do tratamento da epilepsia durante a gravidez, exceto se não existir outra alternativa terapêutica. Pode haver um pequeno número de mulheres com epilepsia para as quais não existe tratamento alternativo e, nesses casos, devem ser devidamente aconselhadas e acompanhadas por um médico especialista. 

Além destas medidas, os medicamentos com valproato ou ácido valpróico não devem ser usados em mulheres em idade fértil, a menos que seja cumprido o programa de prevenção da gravidez criado para garantir que as doentes estão totalmente conscientes dos riscos e da necessidade de evitar engravidar quando se toma esta medicação.

Outra das medidas foi incluir um alerta visual para os riscos de gravidez no folheto informativo (bula) destes medicamentos.

As doentes a quem foi prescrito valproato ou ácido valpróico não devem parar de tomar o medicamento sem consultar previamente o médico, pois isso poderá causar danos à própria ou ao feto.

Conheça a lista dos medicamentos que contêm valproato ou ácido valpróico:

  • Ácido Valpróico Generis;
  • Ácido Valpróico Ratiopharm;
  • Depakine;
  • Depakine Chrono;
  • Depakine Chronosphere;
  • Diplexil;
  • Diplexil-R;
  • Valproato de sódio G.E.S.