Notícias

Linha saúde 24 passa a SNS 24 e alarga serviços

11 outubro 2017
Linha saúde 24 passa a SNS 24 e alarga serviços

11 outubro 2017
A linha Saúde 24  agora chama-se SNS 24, mantém o número de telefone, 808 24 24 24, mas permite, por exemplo, marcar a consultas com o médico de família. 

O Centro de Atendimento do Serviço Nacional de Saúde, conhecido por Saúde 24, mudou de nome e pretende-se mais abrangente e “agregador da informação dispersa no Serviço Nacional de Saúde”. Além de aconselhar os utentes sobre o que fazer perante um problema de saúde e de os encaminhar para os serviços mais adequados, o centro de contacto, agora, SNS 24, oferece a possibilidade de marcar consultas com o médico de família e de tratar de questões administrativas que antes exigiam a deslocação ao centro de saúde.

O SNS 24 vai ainda ajudar os utentes que estão à espera de uma cirurgia num hospital do Serviço Nacional de Saúde e que já viram ultrapassados os tempos máximos de resposta garantidos. Quando isto acontece, os utentes recebem um cheque-cirurgia ou uma nota de transferência entre hospitais do SNS. Estes documentos chegam por sms ou e-mail. Os utentes que não disponham destes meios, recebem em papel. A seguir, o SNS 24 contacta o utente por telefone sobre as alternativas que existem em outros hospitais públicos, bem como sobre as soluções nos setores privado e social. A cirurgia pode até ser marcada através desse contacto telefónico, o que evita a deslocação do utente ao hospital para a marcação da operação. 

Da responsabilidade dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, o SNS 24 integra serviços informativos, administrativos, de triagem, aconselhamento e de telecuidados, com o objetivo de melhorar o acesso dos utentes ao serviço de saúde, reduzir a afluência aos serviços de urgência e contribuir para a integração dos cuidados de saúde. Deverá ainda desenvolver a vertente de apoio a grupos específicos da população, nomeadamente, através da “telemonitorização no domicílio de algumas doenças crónicas” e, eventualmente, “realizar chamadas regulares a pessoas [idosas] que vivam em isolamento”, lê-se no portal do Serviço Nacional de Saúde.

Além do telefone, o serviço está disponível na internet, por exemplo, via área do cidadão do Portal do SNS e de aplicações móveis. O site do SNS 24 inclui um chat para pessoas com dificuldades auditivas ou na fala.

Prioridade na urgência

Desde agosto de 2016, os utentes referenciados para os serviços de urgência pelo agora SNS 24 e pelos cuidados de saúde primários (centros de saúde e unidades de saúde familiares) têm prioridade no atendimento, dentro do grau de prioridade que lhes for atribuído pela triagem.

Estes doentes têm obrigatoriamente de ter impresso nas vinhetas de identificação o registo com a sua origem, bem como as pulseiras que identificam a cor de prioridade da triagem, para garantir a sua prioridade no atendimento.

Nesta situação, os utentes estão isentos de qualquer taxa moderadora. Veja também outros cuidados de saúde gratuitos para os utentes.

Se foi a uma urgência no hospital, verifique se esperou mais do que o recomendado.