Notícias

Consultas de saúde oral chegam a alguns centros de saúde

19 julho 2016
consultas dentista em centros de saúde

19 julho 2016

O Governo vai introduzir consultas de saúde oral em centros de saúde selecionados e para alguns utentes apenas.

O novo serviço será introduzido de forma gradual. A fase inicial das experiências-piloto decorre até ao fim de 2016 em centros de saúde selecionados nas Administrações Regionais de Saúde do Alentejo e de Lisboa e Vale do Tejo.

Terá como beneficiários os doentes portadores de diabetes, neoplasias, patologia cardíaca ou respiratória crónica, insuficiência renal em hemodiálise ou diálise peritoneal e os transplantados inscritos nos agrupamentos dos centros de saúde (ACES) onde as experiências-piloto vão decorrer. Serão privilegiados os utentes mais vulneráveis em termos económicos.

A segunda fase está marcada para o início de 2017 e prevê o alargamento do projeto a todos os utentes inscritos nos ACES onde as experiências-piloto decorrem, em função da avaliação das necessidades não satisfeitas e dos tempos de espera.

Para usufruir das consultas, os utentes têm de ser referenciados pelos respetivos médicos de família. Caso não tenham médico de família, poderão ser indicados por outros médicos daquelas unidades funcionais que os substituam.

As unidades selecionadas para receber as experiências-piloto são:
  • ACES Almada-Seixal: Centro de Saúde do Monte da Caparica;
  • ACES Arco Ribeirinho: Centro de Saúde da Moita;
  • ACES Médio Tejo: Centro de Saúde de Fátima;
  • ACES Lezíria: Centro de Saúde de Salvaterra de Magos, Centro de Saúde do Cartaxo e Centro de Saúde de Rio Maior;
  • ACES Estuário do Tejo: Centro de Saúde da Azambuja, Centro de Saúde de Alenquer, Centro de Saúde da Arruda dos Vinhos;
  • ACES Oeste Sul: Centro de Saúde da Lourinhã, Centro de Saúde Mafra-Ericeira;
  • ACES Alentejo Central: Centro de Saúde de Montemor-o-Novo e Centro de Saúde de Portel.
Esta novidade é introduzida na rede dos cuidados de saúde primários no âmbito da expansão do Programa Nacional de Promoção de Saúde Oral. Junta-se assim a outra medida mais antiga, que continua em vigor: a atribuição de cheques-dentista.

O acompanhamento, monitorização e avaliação das experiências-piloto serão feitos pela Direção Geral da Saúde (DGS) em articulação com as Administrações Regionais de Saúde. O balanço da iniciativa contará ainda com uma componente de avaliação da satisfação dos utentes.

Imprimir Enviar por e-mail